Dúvidas de um tenrinho
#1

Cara malta...

Procurei mas não encontrei um tópico para esclarecer dúvidas e partilharem dicas sobre condução. Provavelmente porque eu é que sou o tenrinho e inexperiente (e sem carta mas já com o código marcado) no meio de poços de conhecimento motard.

Aqui fica a minha pergunta. Quando vão parar, p.e. num semáforo, fazem as reduções parados ou gradualmente em movimento enquanto desaceleram?
Responder
#2

Em situações normais e tal como acontece de carro parece-me que essas reduções devem ser feitas com a caixa e na aproximação ao local da paragem. A alternativa é embraiagem a fundo e depois mexer na caixa já parado. Mas não me parece a forma mais correcta, nem sequer a forma mais segura de o fazer.
Responder
#3

Normalmente em aproximação.
Numa travagem mais forte, no caso de apanhar um amarelo ou já vermelho e que não anticipei (são raras) paro em 2a...sendo que parado reduzo para N...

Velasquez87
Responder
#4

Dependendo das caixas, nao se conseguem meter 5 mudanças abaixo depois de parado. Ha motas onde se se parar em 3a ja e uma chatice para voltar a 1a.


Responder
#5

Como é que tu fazes na tua 125?

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#6

Não é nada do outro mundo, mas tem mais variáveis do que parece smile

Tenho a sorte de chegar mto bem com os pés ao chão, portanto logo aí, tenho mais hipóteses.

Depois, o que avalio:
É plano, a descer ou a subir?
A aproximação é a direito, ou vens a sair de uma curva?

Depois mais algumas condições de trânsito.

Quando não sou surpreendido e vou calmo, vou reduzindo, devagar, e passo de 2a para N e paro já assim, normalmente com travão traseiro.

Se for a subir, vou engatado até parar, faço a paragem com o da frente para libertar o pé para dar apoio.

Se estiver a chover, ou piso mau, tiro logo as patas para fora para dar apoio.

Se um gajo é surpreendido, tento pelo menos reduzir a 3a ou 2a, e meto em N já parado.

Depois, normalmente é de olhos postos no semáforo contrário ao meu, e quando fica vermelho, meto a 1a

Sent from my Mi A1 using Tapatalk
Responder
#7

(25-02-2019 às 01:39)LoneRider Escreveu:  Como é que tu fazes na tua 125?

Já experimentei as duas formas lone e até uma terceira: ir a reduzir gradualmente mas com a embraiagem activada e travando ligeiramente. Neste caso o que acontece é que quando engreno a 1a a andar e com a embraiagem activada o motor faz um ruído fora do comum.

Nas outras situações, o que por vezes me acontece é que se o sinal ou o trânsito avançar rapidamente depois de ter parado, fico a fazer downshift parado até chegar á 1a e como sou nabo acontece muitas vezes falsos neutrais. Mas acho que o problema é meu.
Responder
#8

(25-02-2019 às 09:29)el_Bosco Escreveu:  
(25-02-2019 às 01:39)LoneRider Escreveu:  Como é que tu fazes na tua 125?

Já experimentei as duas formas lone e até uma terceira: ir a reduzir gradualmente mas com a embraiagem activada e travando ligeiramente. Neste caso o que acontece é que quando engreno a 1a a andar e com a embraiagem activada o motor faz um ruído fora do comum.

Nas outras situações, o que por vezes me acontece é que se o sinal ou o trânsito avançar rapidamente depois de ter parado, fico a fazer downshift parado até chegar á 1a e como sou nabo acontece muitas vezes falsos neutrais. Mas acho que o problema é meu.
Mas vais ter sempre que escolher, pq vais estar em muitas situações diferentes.

Por exemplo por vezes já vou em neutro a deslizar quando cai o verde, pego, meto 2a e siga, nem vou à primeira

Sent from my Mi A1 using Tapatalk
Responder
#9

A forma "correta" é reduzir gradualmente (mas sem manter a embraiagem pressionada) e aproveitar o travão motor da mota como já disseram. Claro que muitas vezes seja por ires distraido ou bebado isso não acontece e podes parar com uma 3ª ou uma 4ª engrenada, e depois para reduzir não consegues. Nestes casos, em principio se largares ligeiramente a embraiagem como quem está a fazer ponto morto enquanto pressionas ligeiramente o pedal para baixo deve resolver-te o "problema".

Quanto aos falsos neutrais, a caixa da BN é muito suave, provavelmente a caixa mais suave de todas as motas que conduzi até hoje (por comparação com a Tracer que quando metes a primeira parece que partiu alguma coisa dentro do motor). No entanto, de 1ª para 2ª e de 2ª para 1ª, se não tiveres convicção a meter a mudança vais parar ao neutral já que o toque de pedal para passar de 1ª para neutral é o mesmo para passar de 2ª para 3ª por exemplo. Quanto aos falsos neutrais está relacionado com o que disse acima, se parares numa mudança muito alta a mota não deixe reduzir e se insistes ficas num falso neutral. Usas a mesma técnica, se ela está num falso entral soltas ligeiramente a embraiagem e ele "desce" para a mudança correta. Não te preocupes que se fores tão distraido quanto eu a conduzir, essas "nabices" acontecem com frequência.

Ditadura dos Flocos de Neve
Responder
#10

Para mim o mais usual é baixar mudanças e parar em 1ª, isto porque depois de parar, e como sou rodinhas baixas, posso não conseguir por a 1ª novamente para arrancar.
Portanto pelo seguro.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)