Ducati V4 streetfighter
#11
(27-01-2019 às 22:42)Caroço Escreveu: Dfelix , o hardware do teu s9 plus também nada mais é do que o excedente que ficou em fabrica dos s7 que as baterias explodiam...

Provavelmente...
Mas cumpre a expectativa e tira fotos porreiras! smile

De qualquer forma a Ducati não ficou com excedentes do 1098 por estes explodirem.
O motor aparentemente é bom. O problema foram as incertezas em torno do caminho que deveriam seguir na altura já que a necessidade de subir para os 1200cc era urgente...
Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder
#12
Acho interessante e não me espantaria de todo que viesse a ver a luz do dia uma muscle naked, com o Stradale V4, posicionando a Ducati com um modelo no segmento das streetfighter (pese a apropriação do termo à designação do modelo), montando um motor directamente derivado da SBK da marca, à semelhança do que acontece na maioria dos restantes construtores mais representativos. É que o Superquadro nunca montou em nenhuma naked e as anteriores streetfighter ficaram-se pelo Testastretta.

Por outro lado, a saga Monster nunca estive nesse segmento (nem mesmo a 1200), sendo que a sua génese é outra.
[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#13
(28-01-2019 às 16:25)carlos-kb Escreveu: Acho interessante e não me espantaria de todo que viesse a ver a luz do dia uma muscle naked, com o Stradale V4, posicionando a Ducati com um modelo no segmento das streetfighter (pese a apropriação do termo à designação do modelo), montando um motor directamente derivado da SBK da marca, à semelhança do que acontece na maioria dos restantes construtores mais representativos. É que o Superquadro nunca montou em nenhuma naked e as anteriores streetfighter ficaram-se pelo Testastretta.

Por outro lado, a saga Monster nunca estive nesse segmento (nem mesmo a 1200), sendo que a sua génese é outra.

Olha que embora com uma linha cosmética mais conservadora, as Monsters estiveram nesse segmento:
As Monster S4, S4R e S4RS tinham motorizações derivadas das 916, 996 e 999 respectivamente.

Quando chegaram ao testastretta... forçosamente a marca teve de seguir dois caminhos distintos.
Nas SBK o testastretta "normal" acabou substituido pelo superquadro, mas porque o objectivo era seguir por algo integralmente portante nas panisgales.
Já o testastretta 11º manteve o seu desenvolvimento tendo já sofrido várias iterações, como a introdução do DS e mais recentemente o DVT.

Penso que a razão porque nunca surgiu uma Monster ou outra naked com o Superquadro foi precisamente pela dificuldade que teriam em fazer algo de jeito a partir daquela base. E sobretudo proque aquele motor (que sacode e bate em baixas) numa naked ou estradista iria resultar num dispendioso cagalhão.

Mas o 11º é bastante competente.
E a receita utilizada acaba por não ser muito diferente do que os "restantes construtores mais representativos" aplicam nas suas nakeds. (Não me ocorre nenhuma que actualmente herde directamente as mesmas configurações da respectiva superbike)
Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder
#14
Sucati Panisgale é um nome delicioso lol
Responder
  




Utilizadores a ver este tópico:
1 Visitante(s)