Desligar a moto: Chave ou botão de corte?
#41

Havia mas em sistemas muito arcaicos lol a suposta injecção ainda era mecânica, certo? Mas sim já havia motos com muita paneleirice, não é o caso da minha lol
Responder
#42

(10-02-2015 às 10:26)Johnny_1056 Escreveu:  Isso é o que dá só terem andado com motos modernas!! lol
Se tivessem aprendido a andar com motos sem interruptor no descanso, não tinham hábitos desses. cool

Eu aprendi numa Yamaha dt, lá no seculo passado... e já foi há tanto tempo que sinceramente não me lembro de a desligar com o descanso :s ... acho que era mesmo com a chave
Responder
#43

(10-02-2015 às 10:58)OFFICER Escreveu:  Havia mas em sistemas muito arcaicos lol a suposta injecção ainda era mecânica, certo? Mas sim já havia motos com muita paneleirice, não é o caso da minha  lol

Há 22 já havia motos evoluídas e cheias de tecnologia!!
Já havia Yamaha GTS 1000, Honda CBR 900RR e a BMW já vinha a usar injecção e ABS desde o princípio da década de 80!!

(10-02-2015 às 11:58)tarasofia Escreveu:  ...
Eu aprendi numa Yamaha dt, lá no seculo passado... e já foi há tanto tempo que sinceramente não me lembro de a desligar com o descanso :s ... acho que era mesmo com a chave

Agora também já não me lembro bem, não sei se as primeiras Yamaha DT 50 LC já tinham interruptor de descanso... Sei que as anteriores (AC e MX) não tinham e as que já vinham com travão de disco já tinham interruptor.
Responder
#44

Epá, eu depois de ler isto é que reparei que tb desligo a moto com o descanso!!! Mas já é tão automatico que nem sabia como é que desligava a moto! disapointed

MAs tenho uma desculpa, aqui no trabalho estaciono a moto numa ligeira subida e desligar com o descanso é mais pratico visto que a mão direita está ocupada a travar com o da frente!

E em casa desligo com o descanso porque... sim! redeye

Mas eu é descanso, e chave logo após...

Ricardo - Honda CB500X
[Imagem: latest?cb=20150510093035]
Responder
#45

(10-02-2015 às 10:58)OFFICER Escreveu:  Havia mas em sistemas muito arcaicos lol a suposta injecção ainda era mecânica, certo? Mas sim já havia motos com muita paneleirice, não é o caso da minha  lol

O Joni é da época em que a malta vestia Dainese roxo com um enorme logo nas costas e sonhava com uma beemer inspirada no Tron! bigsmile

[Imagem: bmwk1_zps66653bf6.jpg]


(10-02-2015 às 12:14)Johnny_1056 Escreveu:  Agora também já não me lembro bem, não sei se as primeiras Yamaha DT 50 LC já tinham interruptor de descanso... Sei que as anteriores (AC e MX) não tinham e as que já vinham com travão de disco já tinham interruptor.

Penso que foi a partir da geração com disco à frente...
Tanto invejei isso, que apliquei uma coisa igual na minha NSR! shy

Mas eu sempre curti motos com mariquices úteis! smile
Responder
#46

(10-02-2015 às 19:31)dfelix Escreveu:  ...
O Joni é da época em que a malta vestia Dainese roxo com um enorme logo nas costas e sonhava com uma beemer inspirada no Tron!  bigsmile

Boas;
Qual quê?? Dainese, isso via-se nas fotos das corridas das poucas revistas que apareciam!!
Só muito posteriormente é que os gajos finos mandavam vir de Andorra e os parolos por cá cortavam símbolos para colar nas costas dos blusões rosqueiros que tinham.
E se aparecia um gajo com um fato completo, nem que fosse em pleno Agosto, garantia o protagonismo do evento. lol


As BMW ainda eram motos de velho!

(10-02-2015 às 19:31)dfelix Escreveu:  Penso que foi a partir da geração com disco à frente...
Tanto invejei isso, que apliquei uma coisa igual na minha NSR!  shy
...
Ahhh, afinal também não passas dum velho que ainda se lembra das motos sem essas paneleirices.
A NSR não tinha uma luzinha avisadora "Side Stand"? Acho que sim...

(10-02-2015 às 19:31)dfelix Escreveu:  Mas eu sempre curti motos com mariquices úteis! smile
Basta olhar para a tua moto actual! blink
O interruptor foi sem dúvida das coisas mais úteis que apareceram nas motos. A quantidade de gente que partiu o focinho na primeira curva para a esquerda. redeye
Responder
#47

(10-02-2015 às 20:08)Johnny_1056 Escreveu:  Qual quê?? Dainese, isso via-se nas fotos das corridas das poucas revistas que apareciam!!

Seja daineses de Andorra ou low budget da casa das peles... quando falas das velharias imagino-te sempre vestido com uma coisa destas:

[Imagem: 38689e793baf2b4f3410327d1b2058f3_zps0276b22f.jpg]

(10-02-2015 às 20:08)Johnny_1056 Escreveu:  A NSR não tinha uma luzinha avisadora "Side Stand"? Acho que sim...

Nada!
A luz avisadora foi a minha versão caseira 1.0!
Depois arranjei um switch gamado da porta de um autocarro da defunta Rodoviaria Nacional como corte de ignição!
bigsmile

Nunca parti o focinho... mas acontecia regularmente ouvir o estoiro do descanso recolher automaticamente na primeira curva.
Daí dar tanto valor ao dito!

(10-02-2015 às 20:08)Johnny_1056 Escreveu:  Basta olhar para a tua moto actual! blink

Os punhos aquecidos são um luxo em dias como os de hoje.
E o ABS já me impediu de me enfiar numas traseiras enquanto escrevo mensagens em andamento no telemóvel sentado em cima da luva.
bigsmile

Tal como pela primeira vez na vida passei a ter um travão de trás menos inútil que me permite poupar pastilhas e discos na frente!

Fora isso, a Speed tinha mais electrónicas geeks.
Tenho saudades do "top speed indicator"... cry

[Imagem: bikepics-2060465-full_zps665398f5.jpg]
Responder
#48

(10-02-2015 às 19:31)dfelix Escreveu:  e sonhava com uma beemer inspirada no Tron!  bigsmile

[Imagem: bmwk1_zps66653bf6.jpg]

E continua a figurar no topo das motos mais bizarras de sempre! Aliás, perguntas a 100 motociclistas qual a moto mais estranha (para não dizer mesmo feia) de sempre, e possivelmente 90 vão responder K1. Basta recordar o tópico do MO....

(10-02-2015 às 20:08)Johnny_1056 Escreveu:  Só muito posteriormente é que os gajos finos mandavam vir de Andorra e os parolos por cá cortavam símbolos para colar nas costas dos blusões rosqueiros que tinham.

Em 1995, andava eu de CB Two Fifty.... e já me aviava de material motociclístico em Andorra, quando lá ia. As luvas que ainda uso hoje.... vieram de lá, há quase década e meia atrás.

[Imagem: sXX244M.jpg]

(10-02-2015 às 20:08)Johnny_1056 Escreveu:  E se aparecia um gajo com um fato completo, nem que fosse em pleno Agosto, garantia o protagonismo do evento. lol

Isso era mais a caminho de Faro.... quando os tiravam dos armários, e tresandavam a naftalina, nas áreas de serviço!  lol

Johnny_1056 Escreveu:O interruptor foi sem dúvida das coisas mais úteis que apareceram nas motos. A quantidade de gente que partiu o focinho na primeira curva para a esquerda. redeye

Vi isso também acontecer... em Faro. Um "bife" numa Buell (que curiosamente devia dispensar o "side stand switch"), que se meteu em exibicionismos.... acabou de nariz no chão.... e o resto também.


(10-02-2015 às 21:48)dfelix Escreveu:  quando falas das velharias imagino-te sempre vestido com uma coisa destas:

[Imagem: 38689e793baf2b4f3410327d1b2058f3_zps0276b22f.jpg]

Com o corte cintado e peito "avantajado", tal como esse? Coitado do Johnny!  lol
Ainda assim, eu andava com um "destes".... sempre era mais à macho. blink

[Imagem: hEXWBhF.jpg]

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#49

"Top speed indicator"!? Isso não me parece nada saudável.  lol  wtf
Responder
#50

Ora a prática acaba por mandar. Eu ia perguntar exactamente como é que a malta que desliga a mota na chave faz: param, travam com a direita, desengatam, usam a mão esquerda para rodar a chave, voltam com a esquerda à embraiagem, engatam a primeira com a mota desligada depois de a sacudirem para a frente e para trás porque a primeira não entra, e só então largam a mão do travão?
Ou travam com o pé?
É que numa subida ou descida, com pendura então ainda pior, eu desligo mesmo... como posso!

Sometimes it takes a whole tank of fuel before you can think straight.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)