Deposito com ferrugem
#1

boas pessoal
consegue se tirar a ferrugem do deposito por completo, se sim como?
obrigado

[Imagem: Qfzl0I1.png]
Responder
#2

Boas rruella.

Assumindo que te referes a ferrugem no interior do depósito, nunca o fiz, mas em tempos li algures uma técnica meio artesanal que me pareceu relativamente acessível.

Começa por desmontar o depósito. Drena todo o combustível de lá para fora e remove tudo o que lá more (ex.: bomba ou bóia do nível de combustível, etc.). Uma vez o depósito desmontado, será necessário vedar todas as saídas/orifícios.

Com o depósito desmontado e selado, deita lá para dentro uma quantidade generosa de um anti-corrosivo (ex.: WD-40) juntamente com algo que faça o efeito abrasivo (ex.: parafusos). Coloca a tampa e depois agita durante algum tempo para a libertar a ferrugem do interior do depósito. Podes repetir este passo algumas vezes, drenando o líquido e removendo os parafusos do interior do depósito no final.

Quando achares que o trabalho está feito, podes finalizar deitando um pouco de gasolina para dentro do depósito e agitando novamente para remover algum resquício de ferrugem que ainda possa lá ter ficado.

Boa sorte!
Responder
#3

(25-11-2018 às 14:19)marco.clara Escreveu:  Boas rruella.

Assumindo que te referes a ferrugem no interior do depósito, nunca o fiz, mas em tempos li algures uma técnica meio artesanal que me pareceu relativamente acessível.

Começa por desmontar o depósito. Drena todo o combustível de lá para fora e remove tudo o que lá more (ex.: bomba ou bóia do nível de combustível, etc.). Uma vez o depósito desmontado, será necessário vedar todas as saídas/orifícios.

Com o depósito desmontado e selado, deita lá para dentro uma quantidade generosa de um anti-corrosivo (ex.: WD-40) juntamente com algo que faça o efeito abrasivo (ex.: parafusos). Coloca a tampa e depois agita durante algum tempo para a libertar a ferrugem do interior do depósito. Podes repetir este passo algumas vezes, drenando o líquido e removendo os parafusos do interior do depósito no final.

Quando achares que o trabalho está feito, podes finalizar deitando um pouco de gasolina para dentro do depósito e agitando novamente para remover algum resquício de ferrugem que ainda possa lá ter ficado.

Boa sorte!

obrigado marco vou tentar assim, já vi no youtube mas com líquidos como acido muriático e outros que ao fim podem danificar.

[Imagem: Qfzl0I1.png]
Responder
#4

Robson.... e precisamente dessa forma que o Marco descreve que deverás fazer.

Aliás, no Portal dos Clássicos, é assim que é sugerido.

http://portalclassicos.com/foruns/index....gem.17631/

Falam também deste produto... Restom, que faz a remoção da ferrugem e tratamento para evitar o reaparecimento!

https://www.joaquimboavida.pt/index.php?route=product/product&path=46_112&product_id=58

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#5

(25-11-2018 às 20:10)rruella Escreveu:  
(25-11-2018 às 14:19)marco.clara Escreveu:  Boas rruella.

Assumindo que te referes a ferrugem no interior do depósito, nunca o fiz, mas em tempos li algures uma técnica meio artesanal que me pareceu relativamente acessível.

Começa por desmontar o depósito. Drena todo o combustível de lá para fora e remove tudo o que lá more (ex.: bomba ou bóia do nível de combustível, etc.). Uma vez o depósito desmontado, será necessário vedar todas as saídas/orifícios.

Com o depósito desmontado e selado, deita lá para dentro uma quantidade generosa de um anti-corrosivo (ex.: WD-40) juntamente com algo que faça o efeito abrasivo (ex.: parafusos). Coloca a tampa e depois agita durante algum tempo para a libertar a ferrugem do interior do depósito. Podes repetir este passo algumas vezes, drenando o líquido e removendo os parafusos do interior do depósito no final.

Quando achares que o trabalho está feito, podes finalizar deitando um pouco de gasolina para dentro do depósito e agitando novamente para remover algum resquício de ferrugem que ainda possa lá ter ficado.

Boa sorte!

obrigado marco vou tentar assim, já vi no youtube mas com líquidos como acido muriático e outros que ao fim   podem danificar.

Existem ácidos que fazem a conversão de ferrugem para "metal" que depois podes pintar por cima, não fazem mal nenhum SE pintares por cima.
Fiz isso no quadro da minha XT nas zonas de ferrugem antes de pintar.
Responder
#6

(25-11-2018 às 22:49)pedromt07 Escreveu:  Existem ácidos que fazem a conversão de ferrugem para "metal" que depois podes pintar por cima, não fazem mal nenhum SE pintares por cima.

Conversão de ferrugem para metal...??? Certamente não será bem assim, mas...

De qualquer forma, considerando que a ferrugem existe no interior do depósito, esse método é capaz de não ser o melhor, porque a pintura posterior não será uma opção.
Responder
#7

(26-11-2018 às 00:03)marco.clara Escreveu:  
(25-11-2018 às 22:49)pedromt07 Escreveu:  Existem ácidos que fazem a conversão de ferrugem para "metal" que depois podes pintar por cima, não fazem mal nenhum SE pintares por cima.

Conversão de ferrugem para metal...??? Certamente não será bem assim, mas...

De qualquer forma, considerando que a ferrugem existe no interior do depósito, esse método é capaz de não ser o melhor, porque a pintura posterior não será uma opção.
Tecnicamente ferrugem é metal
O ácido faz a conversão da ferrugem para uma camada "protectora". Deixo uma imagem para explicar melhor.
Pode não ser preciso pintar, até porque sendo um depósito, o metal encontra-se sem acesso a oxigênio para oxidar.[Imagem: a171e5dc22969746bc8dde887c9a0ecb.jpg]

Enviado do meu SM-G935F através do Tapatalk

V
Responder
#8

Pedro, os químicos que referes ao fim ao cabo são uma espécie de primário, que por um lado convertem a ferrugem num tipo de metal e por outro fixam-no mediante o processo de aplicação a que estão sujeitos.

Se estivéssemos a falar de uma superfície exterior na qual pudesse ser aplicado este processo, seria excelente.

Neste caso, e dado que a ferrugem existe no interior de um depósito, é extremamente difícil tentar aplicar o que quer que seja, daí o meu comentário e a minha sugestão anterior que, ainda que não seja perfeita na remoção da ferrugem, é eventualmente uma das mais exequíveis e eficazes.
Responder
#9

(26-11-2018 às 00:29)pedromt07 Escreveu:  Pode não ser preciso pintar,  até porque sendo um depósito, o metal encontra-se sem acesso a oxigênio para oxidar.

É pá Pedro és mesmo Charrua! tong

É pá, num sou fisico, nem químico, muito menos engenheiro, por isso se vou dizer uma barbaridade desculpa-me pois não andei a minha juventude inteira a passear os livros.

Levando em conta que vivemos numa atmosfera rica em átomos de oxigénio, envolvente e que se entranha por todo lado provocando reacções um pouco por todo o lado (por exemplo as chamadas oxidações), levando em conta que a maioria dos veículos anda à custa dos combustíveis fósseis que são depositados nos depósitos depois de vazios (cheios de atamos de oxigénio), como é possível que tu faças a afirmação citada?

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#10

(26-11-2018 às 08:30)LoneRider Escreveu:  até porque sendo um depósito, o metal encontra-se sem acesso a oxigênio para oxidar.

Mas então como é que ele oxidou antes???  think

(26-11-2018 às 08:30)LoneRider Escreveu:  Levando em conta que vivemos numa atmosfera rica em átomos de oxigénio, envolvente e que se entranha por todo lado provocando reacções um pouco por todo o lado (por exemplo as chamadas oxidações), levando em conta que a maioria dos veículos anda à custa dos combustíveis fósseis que são depositados nos depósitos depois de vazios (cheios de atamos de oxigénio), como é possível que tu faças a afirmação citada?

Pá.... tens de comprar um destes!!!  bigsmile

[Imagem: vtfRbFL.jpg]

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)