Dakar 2020
#1

Começou. nice



Citar:The grandiose and varied landscapes of the 30th country to host the Dakar have all the ingredients for a well-rounded route. The same diversity characterises the three cities that will mark the decisive phases of the rally. Jeddah symbolises the country’s deep historical roots, while the capital Riyadh evokes the power of a kingdom resolutely turned towards the future, as exemplified by the Qiddiya project.

More information:

www.dakar.com
www.faceboook.com/dakar
www.twitter.com/dakar
www.instagram.com/dakarrally
Responder
#2

Resumo da etapa 1:

Responder
#3

Citar:Dakar'2020: Paulo Gonçalves foi o melhor português na primeira etapa

[Imagem: image.aspx?brand=OJ&type=generate&guid=d...0105105042]

O piloto de Esposende gastou mais 9.53 minutos do que o vencedor da tirada, o australiano Toby Price.

Paulo Gonçalves (Hero) alcançou este domingo o melhor resultado entre os pilotos portugueses no rali Dakar, ao terminar no 14.º lugar a primeira etapa da prova de todo-o-terreno que está a ser disputada na Arábia Saudita.

O piloto de Esposende gastou mais 9.53 minutos do que o vencedor da tirada, o australiano Toby Price (KTM), vencedor em 2019.

António Maio (Yamaha), em 22.º, com mais 23.32 minutos do que Price foi o segundo melhor português, à frente de Sebastian Bühler (Hero), 36.º, Mário Patrão, 40.º, e Fausto Mota (Husqvarna), 56.º.

Joaquim Rodrigues Jr. (Hero) ficou parado ao quilómetro 86 dos 319 que compunham a especial cronometrada deste domingo.

O francês Willy Jobard (Bosuer) protagonizou a primeira desistência da competição, após deslocar um ombro numa queda, logo no 13.º quilómetro da etapa.

Fonte: O Jogo
Responder
#4

É pá, os gajos do Jogo foram usar uma imagem que não corresponde de todo à verdade.

O Speedy já não anda com uma asinha de franga.
Responder
#5

(06-01-2020 às 01:24)LoneRider Escreveu:  É pá, os gajos do Jogo foram usar uma imagem que não corresponde de todo à verdade.

O Speedy já não anda com uma asinha de franga.

Foi a pressa de dar a notícia. Ainda não deviam ter fotos da etapa. bigsmile
Responder
#6

(06-01-2020 às 10:07)marco.clara Escreveu:  
(06-01-2020 às 01:24)LoneRider Escreveu:  É pá, os gajos do Jogo foram usar uma imagem que não corresponde de todo à verdade.

O Speedy já não anda com uma asinha de franga.

Foi a pressa de dar a notícia. Ainda não deviam ter fotos da etapa. bigsmile

Acaba a ser quase a mesma coisa... mas com cheiro a caril! Afinal a Hero cresceu sempre na tutela da Honda.
Só mais recentemente é que decidiu "ganhar as próprias asas".

[Imagem: QKmafvp.png]
Responder
#7

E pronto, aqui fica notícia mais detalhada com uma foto da sua atual Hero (a.k.a. asinhas de franga tikka masala)...

Citar:Dakar: Paulo Gonçalves arranca em 12.º

[Imagem: 800]

Toby Price foi o vencedor da primeira etapa do novo Dakar
Paulo Gonçalves (Hero) foi este domingo o melhor piloto português no arranque do Dakar 2020 terminando a etapa de estreia na 12.ª posição.
O vencedor do primeiro dia nas motos foi o australiano Toby Price (KTM), que percorreu os 319 km cronometrados entre Yeda e Al Wajh em 3h19m33s deixando Ricky Brabec (Honda) na segunda posição a 2m05s de distância, depois do piloto da Honda ter liderado a prova nos primeiros 100 km da etapa.
O piloto australiano que venceu a prova em 2019, revelou que está totalmente recuperado das lesões recentes que o afetaram e que chega a este primeiro Dakar na Arábia Saudita disposto a lutar pela vitória na prova.
O terceiro classificado foi Matthias Walkner (KTM), que terminou a 2m40s do seu companheiro de equipa e na frente de Kevin Benavides (Honda), que foi quarto a 4m31s, enquanto Sam Sunderland (KTM) fechou o top cinco a 5m15s do líder da prova.
O piloto britânico da KTM está na frente de Pablo Quintanilla (Husqvarna), que é seguido pelo espanhol da Honda de Joan Barreda.
Já Joaquim Rodrigues Jr. (Hero) ficou parado ao quilómetro 86 dos 319 que compunham a primeira especial da 42.ª edição do Dakar.

Classificação (provisória) da 1.ª etapa (motos):

1. Toby Price (KTM), 3h19m33s
2. Ricky Brabec (Honda), +2m05s
3. Matthias Walkner (KTM), +2m40s
4. Kevin Benavides (Honda), +4m31s
5. Sam Sunderland (KTM), +5m15s
(...)
12. Paulo Gonçalves (Hero), +10m17s
(...)
23. António Maio (Yamaha), +24m48
(...)
32. Sebastian Buhler (Hero), +35m13s
(...)
41. Mário Patrão (KTM), +47m47s
(...)
53. Fausto Mota (Husqvarna), +1h03m28s
(...)

Fonte: Autoportal
Responder
#8

E pronto... ao início da 3ª etapa, o motor da Hero rebentou e o speedy está fora do Dakar.

Quem o manda trocar sashimi por chamuças?
O aluno ainda não conseguiu fazer como o professor.

https://desporto.sapo.pt/modalidades/mot...ta-partido

[Imagem: QKmafvp.png]
Responder
#9

Resumo da Etapa 2:

Responder
#10

(07-01-2020 às 10:04)carlos-kb Escreveu:  E pronto... ao início da 3ª etapa, o motor da Hero rebentou e o speedy está fora do Dakar.

Quem o manda trocar sashimi por chamuças?
O aluno ainda não conseguiu fazer como o professor.

https://desporto.sapo.pt/modalidades/mot...ta-partido

Fake news. Afinal mantém-se em prova. thumbsup

Dakar2020: Organização corrige e mantém Paulo Gonçalves em prova
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)