Corrente de transmissão com início de gripagem.....aos 15000Km??
#11

(18-04-2019 às 14:04)Johnny_1056 Escreveu:  
(18-04-2019 às 13:38)vindaloo Escreveu:  É preferível trocar de corrente de 15k em 15k do que ter um veio de transmissão!

Boas;
Não te esqueças disto que acabaste de escrever.

Só se os tac-tac-tac me fizerem esquecer! lol


Responder
#12

(18-04-2019 às 13:38)vindaloo Escreveu:  É preferível trocar de corrente de 15k em 15k do que ter um veio de transmissão!

Ainda não chegaste lá... continuas em adaptação! devil

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#13

(18-04-2019 às 14:44)carlos-kb Escreveu:  
(18-04-2019 às 13:38)vindaloo Escreveu:  É preferível trocar de corrente de 15k em 15k do que ter um veio de transmissão!

Ainda não chegaste lá... continuas em adaptação! devil

Boas;
Adaptação?? É mais subjugação!! E espero que nunca lá chegue!! bigsmile
Não vale a pena lutar contra o óbvio.
Responder
#14

(18-04-2019 às 14:59)Johnny_1056 Escreveu:  Adaptação?? É mais subjugação!! E espero que nunca lá chegue!! bigsmile
Não vale a pena lutar contra o óbvio.

[Imagem: cZlfmAK.jpg]

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#15

Boas;
Carlos-kb, ter uma V-Max 1200 é algo mágico, apenas ao alcance de muito poucos... cool
A VFR é assim tão má que pretendes compará-la com uma das motos mais absurdas e com um dos piores comportamentos dinâmicos da História do Motociclismo??
Responder
#16

Johnny, falo apenas acerca do cardã.

Não faço tanto "bota-abaixo" da V-Max... devil










... que por acaso até é das pianolas com que tenho mais afinidade! smile

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#17

(18-04-2019 às 12:01)Tiago Rosado Escreveu:  Na minha VFR800F, quase a completar 1 ano e com 15000Km feitos, reparei que a corrente estava com mais folga do que o normal. Hoje fui trocar o pneu e eles realmente tocaram no assunto que a corrente estava com inicios de gripagem. Epá, ao fim de 15000Km estou a achar muito cedo, demasiado! Admito que gosto de uns bons arranques, e andar com a mota em altas, adoro o Vtec angel ...mas não é sempre, nem nunca me considerei um condutor muito agressivo. Farto-me de olear a corrente, uso lubrificantes supostamente de qualidade, Costumo usar Motorex (uma espécie de cera branca) e nos ultimos Km usei Motul C4. A corrente também nunca me pareceu estar demasiado esticada. Antes desta só tive a CBF600 que fez 40000Km com cada Kit de transmissão...(usou 2)...
Está dentro do que é normal? para este tipo de mota?


Pode relativo... pode ser tanga deles ou não... não sei só a ver.
tudo tem a ver com a utilização de cada um ou o chamado "kit d`unhas" no sentido de mesmo a dar pau... saber poupar uma corrente ou o kit completo.

Mas não, não está dentro do normal para essa moto com esses kms.


Depois... tb convém verificar e se necessário ajustar a afinação da corrente de tempos a tempos... e não só quando se muda de pneu.

Vê lá tb é como tens tido e se continuas a ter, o ajuste correcto da corrente, se é o que o fabricante diz.

Eu sei ver e fazer... explicar por aqui nem por isso... mas aqui vai:

No entanto no caso desse modelo, podes tentar fazer o seguinte:

Coloca a moto no descanso central:

Primeiro verifica se a folga da corrente está normal e depois:

Vai rodando a roda a mão lentamente... tipo um quarto de volta de cada vez ou bem menos menos, depende... e pára:
Verificas "cá em baixo aí a meio da corrente, empurra a corrente para cima" se a folga está muito larga ou se está mais para o esticada, ou muito esticada... voltas a rodar a roda mais um pouco... e voltas a verificar, e continuas a pouco e pouco... a parar e verificar "se por exemplo voltou a ficar mais larga"... sempre a verificar até que tenhas dado uma volta completa a corrente.

Se estiver uniforme e com a folga correcta, a corrente está boa.
Se estiver larga e depois de rodar um pouco,estiver mais esticada... já não está muito boa... ou já não está boa mesmo. Depende só a ver.
Verifica tb os "dentes" da cremalheira e do pinhão se já estão "comidos" ou não.

Mais alguma duvida, só ao vivo e a cores e beber umas eu explico... devil

Live After Death...

Os Ferros...

In life, nothing happens by chance...
Responder
#18

Boas;
Carlos-kb, não tenho problema nenhum em abordar as "peculiaridades", os "feitios", os "defeitos" ou o que lhes queiras chamar da V-Max.
O cardan é uma das características mais marcantes da moto, mas num conjunto que não passa dum motor com duas rodas é apenas mais uma. Se tivesse corrente continuaria a ser um cepo para fazer arranques.

À VFR exige-se-lhe mais, e não tenho dúvidas que se a moto tivesse corrente teria melhor comportamento. No caso do Vindaloo, este precisa urgentemente doutro tipo de moto.
Responder
#19

Boas pah desculpem lá não ter respondido, saí das noites, estava a dormir....os meus receios vieram antes de ir à oficina, pois a corrente foi afinada aos 12.000.Ao fim de 15.000 já afrouxou um pouco, Os dentes em si ainda parece bons. A minha preocupação baseou-se apenas na folga que a corrente foi ganhando num curto espaço de tempo.

[Imagem: ibVN1KS.jpg]
Responder
#20

(18-04-2019 às 12:15)carlos-kb Escreveu:  Dizes que está com indícios de gripagem porquê? Os elos "estalam"? Está arqueada ou ovalizada? A tensão da corrente varia em diferentes pontos à medida que a rodas? Tens o-rings "comidos"? think

Não me parece que uma quilometragem tão baixa seja motivo para uma corrente estar já em fim de vida, ainda mais quando afirmas ter um certo cuidado na sua manutenção?
Usaste algum produto para "lavagem" da corrente que tenha sido agressivo para os o-rings? wtf

P.S. - Se tivesses optado pela 1200, não tinhas essas chatices! angel

O unico produto que uso para lavar a corrente é ou wd40 mesmo para limpeza de correntes ou quando não tenho, liquido de limpeza de discos, que parece-me ser praticamente o mesmo!...

[Imagem: ibVN1KS.jpg]
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)