Combustível para moto: Qual o mais indicado? 95 octanas ou 98 octanas?
#41

Se mudares de 98 normal para 95 XPTO pode fazer diferença no consumo (embora possa não se notar na carteira quando é de 95 para 95 XPTO)

Vou contar a minha história:

Eu meto sempre 95, de preferência no Jumbo ou algo do género. A mota é velha, aguetna com combustíveis com menos paneleirices como eram antigamente. Houve uma altura que metia 95 simples na Galp quando tinha desconto do continente, mas depois o desconto passou a ser maioritáriamente só para a gasolina especial e passei a meter sempre no Jumbo.

Acontece que já está mais que testado por mim que a mota dá 190~195 de velocidade máxima. Um dia, a caminho do algarve, numa estação de serviço meti 95 da BP (Não me recordo se era especial ou normal) e precisei andar um bocadinho mais depressa e ela deu 210 (está filmado)... pah... não sei.. eu sou aquele gajo que sempre disse que é tudo igual ao litro que se as especiais fizerem diferença havia de ser só em motores mais recentes e mais amaricados com injeções eletrónicas e tal..

Não sei se fez diferença nos consumos porque ainda não registei o talão, mas também a andar a 210 não sei se deverei considerar este depósito para uma média real lol

XJ 600 Diversion Owner!
Responder
#42

Eu quero crer que as zargolinas são todas iguais... sejam BP, REPSOL... mas havia um posto de abastecimento da AGIP perto de onde morava... que aquilo tinha qualquer coisa... das duas uma... ou era mesmo só gasolina... ou as outras é que tinham água misturada... Lol...

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#43

Fui cliente muito regular na (antiga) AGIP de Alverca. Tal como nas (antigas) Esso de Vialonga e Póvoa de Santa Iria.

Para além de gostar do combustível, os preços eram mais em conta.

Curiosamente todos estas cadeias de marcas internacionais, foram engolidas pela Galp, que ao invés de concorrer com elas, as alienou e extinguiu em território nacional. Os postos AGIP e Esso, por exemplo, foram assim reconvertidos e agora são postos de bandeira da petrolífera portuguesa. Curiosamente, nos postos acima referidos, a cerca de 200 metros dos mesmos, existem outros postos Galp mais antigos.

Se não podes vencê-los..... compra-os e acaba com eles.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#44

(05-09-2016 às 17:25)dfelix Escreveu:  
(04-09-2016 às 12:25)ClaXav Escreveu:  [quote='ClaXav' pid='45730' dateline='1472988356']
Por vezes quando se anda em locais com elevada altitude, onde o ar é mais rarefeito é recomendável usar 98 mesmo que o fabricante indique 95.

É suposto ser o contrário.

Elevadas altitudes implica menor pressão, menores temperaturas e menor menor quantidade de oxigénio. Até uma menor humidade relativa.
A lógica será necessitar menos aditivos, até porque o meio é já por si anti-detonante.

Correctíssimo. Era isso que eu devia ter dito.
Responder
#45

(05-09-2016 às 18:30)nelsonajm Escreveu:  Eu quero crer que as zargolinas são todas iguais... sejam BP, REPSOL... mas havia um posto de abastecimento da AGIP perto de onde morava... que aquilo tinha qualquer coisa... das duas uma... ou era mesmo só gasolina... ou as outras é que tinham água misturada... Lol...

A base é igual. Na maior parte dos casos vem do mesmo sitio.
A aditivação é que varia.

Quem tem motos com escapes por baixo do banco certamente já sentiu que o cheiro que fica na roupa é muito diferente.

A Repsol deixa um aroma de Chanel nº 5 com toques acentuados de equipamento electrónico derretido.
A Galp é uma mistura de patchouly com churrasco.
Responder
#46

A minha mota começou a fazer bem mais rateres ultimamente, em desacelerações. E pergunto-me o porquê...

A única coisa que me ocorre é que as últimas duas vezes que abasteci, foi gasolina 98, terá alguma coisa a ver? E é prejudicial de alguma forma?
Responder
#47

(30-07-2019 às 09:32)dowyi Escreveu:  ... terá alguma coisa a ver?

Não.

Muito provavelmente o que escrevi foi gerado automágicamente através do Moto Lero
Responder
#48

(30-07-2019 às 09:32)dowyi Escreveu:  A minha mota começou a fazer bem mais rateres ultimamente, em desacelerações. E pergunto-me o porquê...

A única coisa que me ocorre é que as últimas duas vezes que abasteci, foi gasolina 98, terá alguma coisa a ver? E é prejudicial de alguma forma?

Rateres? Ou o chamado efeito "pipocas" (próprio de motores de menos cilindros em desaceleração)?

A tua mota tem uma TC de 11.5:1... meteres gasolina 98, a única diferença que notarás é apenas na carteira... um pouco mais vazia.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#49

Em motores sobrealimentados, com microfones detectores de auto-detonação (APC e companhia limitada), a gasolina pode fazer diferença. Avanço da ignição e pressão do ar são controladas por esses dispositivos:

Nas motas? Não sei.
Responder
#50

Só que...nem por isso

https://youtu.be/8uIsbRaArvk
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)