CF Moto 650 MT/GT
#11

A Honda oferece uma mota em troca dos teus colhões. Bom deal
Responder
#12

(14-04-2020 às 16:07)LoneRider Escreveu:  
(14-04-2020 às 15:48)Malvo Escreveu:  
(14-04-2020 às 15:31)LoneRider Escreveu:  Todos os exemplos que deste foram exercícios de estilo que, em alguns casos alertam para a existência da marca e em outros casos são exercícios de sondagem para perceber quais são as tendências dos possíveis clientes.


Sobre a marca...

Independentemente de ser ou não um produto de qualidade, o que oferece só é mais do mesmo.

Usei estes exemplos precisamente por serem tão extremos e polarizantes, para evitar referir modelos actuais específicos e criar "confusão".

Em relação a serem exercícios de estilo, é uma forte possibilidade.

Em relação a marca, se realmente oferece mais do mesmo, então estão certamente no bom caminho.

Sim!
Depende sempre da perspectiva.

Honda oferece modelos fiáveis, bem construidos e económicos.
Além disso tem uma rede de concessionários capaz de te trazer uma peça em menos de 48h.

A CFMoto oferece um produto fiável, bem construído e mais barato mas depois abandona o cliente porque não tem capacidade de resposta às suas necessidades.

Realmente que serve de alguma coisa oferecer mais do mesmo quando depois tens imensas lacunas?

Vou-te falar se uma outra marca, que contra maré é corrente sempre apostou pelo V2 com um sistema desmo na cabeça.
Sempre tiveram uma péssima fama, componentes de fraca qualidade, sistemas eléctricos caprichosos e os seus proprietários só tinham dois dias de felicidade.
O dia em que as compravam e o dia em que a trocavam por outra na esperança de não voltar a viver o mesmo pesadelo.
É porque é que voltavam a comprar a mesma marca?

Apesar de tudo, ofereciam algo de muito diferente!

Entendo o que dizes em relação a Honda e ao apoio, nisso normalmente os Japoneses são imbatíveis,  mas como tudo estas marcas tem que começar por algum lado, e inicialmente o apoio da marca pode ser menos perfeito ou demorado, mas é graças as pessoas que procuram ou algo mais em conta, ou algo um pouco diferente que hoje temos mais marcas, mais oferta, e filosofias um pouco diferentes de marca para marca, modelo para modelo etc etc.

Acho que isso é algo bom, mais diversidade acho que é sempre positivo!

Por exemplo tenho uma Mash, para muitos absoluto lixo, mas vendem como esse mesmo lixo por essa Europa fora, em particular na França. Graças a pessoas como eu e outros por ai fora, que arriscam, aos poucos o produto deles vai melhorando, e ainda este ano lançaram um novo modelo, já com uma qualidade aparentemente acima da media (para eles).

[Imagem: C7I5tcd.jpg]

Continuam a apostar em motores baseados em unidades antigas, que apesar de não serem nada de especial, a partida garantem fiabilidade permitindo que a marca possa começar a apostar e a se desenvolver em outros campos como qualidade de construção. Óbvio que ainda tem muito que andar, mas é positivo. 

Acho que é importante termos uma mente mais aberta em relação a marcas menos conhecidas ou menos "premium", não são perfeitas, mas é precisamente por isso que em muitas situações estas marcas , ou outras mais complexas atraem pessoas. Existem pessoas que simplesmente não querem ter uma moto que vem todos os dias a passar. São manias.

Outra coisa que referiste em particular, (Ducati) la está, tem a ver com os gostos, a forma como te sentes na mota e como ela te faz sentir, e nesse aspecto as marcas italianas vem sempre a conversa, pois existe algo nelas de diferente, que mexem e apaixonam muita gente. Nesse aspecto, muitos de nos estamos dispostos a sofrer um bocado com problemas, sejam de fiabilidade, de custos de manutenção elevados ou la o que seja, porque para nós vale a pena tudo isso, pois a moto mexe connosco.

Acho que todas as marcas tem um lugar, e se oferecem mais do mesmo, com uma aparência algo diferente, isso é muito bom, vai sempre depender de nós, e do que procuramos, algo fiável, rápido, poupado, diferente, barato, mirabolante, aclamativo.
Responder
#13

Olha o grande motor da nx4/xr400
Dos melhores motores que a Honda já fez.

Enviado do meu SM-G935F através do Tapatalk

V
Responder
#14

Se soubesses a história das marcas, facilmente percebias que não é à base de seguir um caminho já percorrido que se consegue melhores produtos.

Um melhor produto consegue-se com o conceito de moto de uma equipe que se dispõe a desenvolver o produto.

A Ducati é um exemplo disso, assim como a BMW e a Triumph.

Curiosamente três marcas que dominam as vendas dos seus mercados nacionais e três conceitos diferentes de moto.

Numa ilha não muito longínqua, um gajo de olhos em bico apresentou-se ali com um bloco de 6 cilindros e deu a entender aos gurus da mecânica que os motores pluricilindricos eram o futuro e 20 anos depois saiu a primeira tetra de produção à grande escala.
Tudo fruto da sua visão de moto e do sucesso comercial de fazer motos fofinhas...

Hoje em dia, fazer dar voltas no túmulo aos Rockers, produzindo essa merda que chamam de Cafe Racers é só uma forma de aproveitar uma tendência com caducidade e fazer dinheiro sem ter onde ir!

Mas se achas que não é suficiente, ali para os lados de Valongo, pelos caminhos da serranía, costumam andar por lá uns protótipos que são precisamente a visão particular de motociclismo que um gajo que, com algum êxito, mantém viva a indústria nacional!
Responder
#15

(15-04-2020 às 12:30)pedromt07 Escreveu:  Olha o grande motor da nx4/xr400
Dos melhores motores que a Honda já fez.

Enviado do meu SM-G935F através do Tapatalk

Acho que é o da NX 650 que estão a usar mesmo bigsmile
Responder
#16

Pois...se é a mash x-ride classic 650...
Responder
#17

(15-04-2020 às 12:40)LoneRider Escreveu:  Se soubesses a história das marcas, facilmente percebias que não é à base de seguir um caminho já percorrido que se consegue melhores produtos.

Um melhor produto consegue-se com o conceito de moto de uma equipe que se dispõe a desenvolver o produto.

A Ducati é um exemplo disso, assim como a BMW e a Triumph.

Curiosamente três marcas que dominam as vendas dos seus mercados nacionais e três conceitos diferentes de moto.

Numa ilha não muito longínqua, um gajo de olhos em bico apresentou-se ali com um bloco de 6 cilindros e deu a entender aos gurus da mecânica que os motores pluricilindricos eram o futuro e 20 anos depois saiu a primeira tetra de produção à grande escala.
Tudo fruto da sua visão de moto e do sucesso comercial de fazer motos fofinhas...

Hoje em dia, fazer dar voltas no túmulo aos Rockers, produzindo essa merda que chamam de Cafe Racers é só uma forma de aproveitar uma tendência com caducidade e fazer dinheiro sem ter onde ir!

Mas se achas que não é suficiente, ali para os lados de Valongo, pelos caminhos da serranía, costumam andar por lá uns protótipos que são precisamente a visão particular de motociclismo que um gajo que, com algum êxito, mantém viva a indústria nacional!

Sim a minha noção de historia motociclista não é a melhor, mas se a memoria não falha, inicialmente a Honda por exemplo, começou por fazer pequenas motos, baratas e acessíveis, e a partir dai tornou-se no gigante que é hoje. Eventualmente a Honda (e não só) aproveitou e apanhou os Britânicos a dormir, que faziam bonitas motas, (mais do mesmo) mas pouco fiáveis e em comparação com o produto Japones, mais caras, motas essas muitas vezes inspiradas em modelos britânicos. Uma boa lição que aprendi é que ter nome não significa nada, todos tombam quando dormem!

Óbvio que por trás disso tudo estava um senhor com uma motivação e uma enorme paixão por engenharia, e óbvio que estamos a falar de outros tempos!
Hoje em dia existem grandes mentes também, que geraram conceitos ou tentam reinventar conceitos e motos como a Nembo, a Britten V1000, as Buel/EBR e Energica, depende sempre da motivação e objectivo de cada um!

Todos tem que começar por algum lado. Qual o problema de usar por exemplo um motor antigo mas com provas dadas e aplica-lo hoje? Mais prático, mais económico e em certa parte mais inteligente. Acho uma boa estratégia, principalmente para marcas que começam de uma forma pequena e se calhar sem capacidade para ter uma equipa dedicada apenas a desenvolver um produto de raiz.

Depende do que a marca e quem está aos comandos pretende, se quer ser uma marca na vanguarda da tecnologia, que faz a diferença, ou uma marca que desenvolve um produto atractivo, decente e acessível.

Ainda em relação a uma empresa seguir um caminho já percorrido, ou seja, "mais do mesmo", muitas empresas hoje fazem isso, e uma dessas três que referiste fez isso durante bastante tempo e com bons resultados.

Em relação a "merda de café racers" referes-te a que, a minha ou no geral??

Bem, não importa, respondo de forma geral...

Mais uma vez, a minha história motociclista não é muito boa, mas hoje em dia, nada do que é designado café racer, ou como dizes de "merda dessas café racers", o é, seja chinês ou Triumph (feitas na Tailândia), seja 125cc seja 1200cc, nada tem a ver com a historia por trás dessa designação, é verdade, das corridas e modificações que faziam no auge para correr de "café em café" e tornar a mota mais leve e veloz. Eram eles que as retalhavam, não vinham retalhadas de fabrica certamente.
Tem sim inspiração nesse conceito / movimento, tem a ver com nostalgia, e com historia, com um estilo de vida que as pessoas anseiam ou desejam, ou então com uma tentativa de capturar um design clássico que as pessoas apreciam, não vejo qual o mal.

Vejo que é algo que te incomoda, ou que discordas, mas hoje em dia nada escapa e tudo é corrompido ou transformado para vender nesta nossa era de consumismo, a vida é mesmo assim.
Responder
#18

O melhor pós venda, é sem sombra de dúvidas o da BMW... Imbatível...

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#19

(15-04-2020 às 19:30)nelsonajm Escreveu:  O melhor pós venda, é sem sombra de dúvidas o da BMW... Imbatível...

Tem que ser. Têm de ser bem tratadas, porque a maioria está só "emprestada" pela BMW a alguém, depois voltam a casa, portanto têm de ser bem tratadas devil lol
Responder
#20

(15-04-2020 às 20:01)luisnogueira Escreveu:  
(15-04-2020 às 19:30)nelsonajm Escreveu:  O melhor pós venda, é sem sombra de dúvidas o da BMW... Imbatível...

Tem que ser. Têm de ser bem tratadas, porque a maioria está só "emprestada" pela BMW a alguém, depois voltam a casa, portanto têm de ser bem tratadas devil lol

Contratualmente estão obrigadas a ser bem tratadas, senão o inquilino é penalizado! devil

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)