CB650R 2019
#1

Bem... como ainda não havia, aproveito para inaugurar o tópico daquela que espero que seja, daqui a 2-3 anos, a minha mota. hearth

[Imagem: 2019-honda-cb650r.jpg]

[Imagem: honda-cb650r-2019-europa-19.jpg]

[Imagem: 622247-16x9-lg.jpg]

Specs aqui.

Que vos parece?
Responder
#2

Não sei o que me parece...
Só falando "empiricamente"

Qualquer das maneiras no design está apelativa... thumbsup

Velasquez87
Responder
#3

Olha lá, então como uma Leoncino dentro da Benelli queres está merda para quê? devil

Já tivemos discussões acerca desta mota noutras paragens. Esteticamente é bastante apelativa. Mas quando por mais um punhado de euros compras uma MT-09 ou uma Z900...

Ditadura dos Flocos de Neve
Responder
#4

Na vaga da moda das "neo-retro-não-sei-quê" considero que a Honda tem sido bastante feliz com as recentes CB.

Desde a CB125R até à CB1000R, agora passando por esta CB650R.

thumbsup

[Imagem: f800r_long.jpg?raw=1]
Suzuki GSX1300R * BMW F800R * ex-Kawasaki ZZR 1100 * ex-Honda Hornet 600 * ex-Honda CBF 125 * ex-Yamaha DT 50 LC (x2)
Responder
#5

Nada mais nada menos que a concretização da concept CB4, apresentada na EICMA em 2015, que despoletou este recente conceito de "neo sports café".

[Imagem: H1W2QtQ.jpg]

Depois da nova 1000R (que acho que está fascinante), da 300 e da 125, a Honda continua a apostar nesse mesmo conceito. Mas como o que é demais enjoa, vamos ver se a repetição da receita não vai gerar "enfartamento" no mercado.

Aliás, penso sim que a coisa devia tender é para a continuidade, na materialização comercial da CB4 interceptor... talvez das motos neo-revivalistas mais interessantes da década.

[Imagem: f330505b338e867446cde1f1305e1c12.jpg]

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#6

Love it!! adoro os pormenores das jantes e tampas do motor em tons de cobre...já na VFR fizeram o mesmo.... hearth

[Imagem: ibVN1KS.jpg]
Responder
#7

Esteticamente a mota está 5*, gostava de saber o comportamento do motor, 4cilindros 650cc, certo?

Em caso de dúvida, acelere...
Responder
#8

(01-02-2019 às 11:22)carlos-kb Escreveu:  Aliás, penso sim que a coisa devia tender é para a continuidade, na materialização comercial da CB4 interceptor... talvez das motos neo-revivalistas mais interessantes da década.

[Imagem: f330505b338e867446cde1f1305e1c12.jpg]

[Imagem: pp,220x200-pad,220x200,ffffff.jpg]

Ia comentar, mas não tenho ar.

Assinatura
Responder
#9

(01-02-2019 às 17:49)Furras Escreveu:  Esteticamente a mota está 5*, gostava de saber o comportamento do motor, 4cilindros 650cc, certo?

Certo sim. Tanto quanto sei (quase nada) 4 cilindros para esta cilindrada não é muito normal.. Explicam-me porque? Manutenção? Consumos?
Responder
#10

(02-02-2019 às 16:34)el_Bosco Escreveu:  4 cilindros para esta cilindrada não é muito normal.. Explicam-me porque? Manutenção? Consumos?

Já foram normais em tempos. As japonesas (e não só), todas tinham modelos de 600/650 de 4 cilindros.

A questão é que um 4 cilindros com esta cilindrada, acaba a ser um motor com um pico de binário não muito expressivo (na casa dos 60Nm = 10% da cilindrada) e que surge a um regime de rotação elevado... o que nos regimes de utilização mais comuns (médios regimes), dá a sensação de serem motos com pouco fôlego.
A disponibilidade de um bloco com menos canecos traduz-se num motor mais disponível, ainda que menos rotativo (com o mesmo binário máximo, atinge o seu pico num regime mais baixo), dando essa sensação de serem motores mais elásticos e responsivos.

Claro que depois, o 4 cilindros sai por norma a ganhar, no que concerne a potência máxima e velocidade de ponta, pois conseguem ir um pouco lá mais acima, em relação a um motor de menos cilindros.

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)