Carga de água
#21

Diogo, viste o atropelamento aonde? Eu vi um precisamente à porta dos CTT em alhos vedros, na zona da moita!
Eu sou dos que não tem medo da chuva, tenho umas calças de neve, que me foram aconselhadas pelo vendedor do stand, segundo ele para não deixar entrar água e são bem quentes, não havia melhor, enquanto me mostrava as dele, utilizadas no trajecto lisboa-setubal, confere!
Botas, as que tenho deixam entrar agua ao fim de 5 minutos de diluvio, saco de plástico por dentro e está resolvido, casaco, tenho um da caparicas peles que têm resolvido até certo ponto, faço cerca de 25km para ir trabalhar, se chover muito acaba por deixar entrar um pouco junto ao umbigo, mas acabei por concluir que é onde o casaco faz a dobra por estar mal puxado para baixo e faz um género de uma dobra em que faz uma pequena poça, precisamente ao pé do umbigo. lol
Responder
#22

(22-11-2014 às 12:57)dt_50r_sm Escreveu:  Diogo, viste o atropelamento aonde? Eu vi um precisamente à porta dos CTT em alhos vedros, na zona da moita!
Eu sou dos que não tem medo da chuva, tenho umas calças de neve, que me foram aconselhadas pelo vendedor do stand, segundo ele para não deixar entrar água e são bem quentes, não havia melhor, enquanto me mostrava as dele, utilizadas no trajecto lisboa-setubal, confere!
Botas, as que tenho deixam entrar agua ao fim de 5 minutos de diluvio, saco de plástico por dentro e está resolvido, casaco, tenho um da caparicas peles que têm resolvido até certo ponto, faço cerca de 25km para ir trabalhar, se chover muito acaba por deixar entrar um pouco junto ao umbigo, mas acabei por concluir que é onde o casaco faz a dobra por estar mal puxado para baixo e faz um género de uma dobra em que faz uma pequena poça, precisamente ao pé do umbigo. lol


A mim consigo manter-me seco desde que não chova MUITO...já cheguei empapado na mesma, quando começa a chover bastante o primeiro a ir é debaixo dos braços (parece que cheguei todo transpirado lol ) depois era nas mãos por causa das luvas (já tenho outras e até agora 5*) e depois os pés...

Ex Suzuki GS500
Ex Yamaha YZF600R - Thundercat
Ex Yamaha R1
Suzuki GSX-R 750
Responder
#23

(22-11-2014 às 12:57)dt_50r_sm Escreveu:  Diogo, viste o atropelamento aonde? Eu vi um precisamente à porta dos CTT em alhos vedros, na zona da moita!

Ui, foi longe daí, foi nos CTT de Santo António dos Cavaleiros, Loures..

Quanto à parte de deixar entrar água, deviam ter visto há uns dias. Saí de mota com as calças (supostamente impermeáveis) da chuva, quando cheguei ao destino e as tirei, estava seco.. tirando numa zona um bocado crítica, parecia que me tinha mijado lol

[Imagem: RwtqB8G.gif]
Responder
#24

Tenho andado de mota todos os dias (hoje não, mas nem de casa tenciono sair). Tem sido um baptismo constante, até nos bolsos do impermeável consigo acumular água, o meu capacete quase que vira aquário (sofre com o embaciar, tenho de deixar entrar ar).

O pior foi na quarta-feira. Acabo o meu turno às 8 da matina, vou a casa deixar a mota e trocar de roupa (molhando tudo o que encontrei pelo caminho), pego no carro e vou dar uma boleia. A meio caminho avisam-me que tenho o pneu em baixo. Furinho à chuva, mesmo BOM!

Portanto, de mota ou de carro...vou molhar-me e vou.
Responder
#25

(23-11-2014 às 18:41)Filipa Escreveu:  Furinho à chuva, mesmo BOM!

Portanto, de mota ou de carro...vou molhar-me e vou.

Sei o que é isso, da última vez que fiquei apeado (sem gasolina) tive que ir a empurrar a mota pela A8, à chuva lol

[Imagem: RwtqB8G.gif]
Responder
#26

Estava com um humor espectacular. lol Só queria atacar o colchão e ali estava eu...a meter um triângulo.
Responder
#27

Foi pena teres tirado o capacete e o impermeável... lol. Para a próxima só trocas de viatura.

Andar de moto... sentir o vento na venta! cool
Suzuki TU 250 - Honda CBF 500.
Responder
#28

[Imagem: Dedication-ride-in-the-rain.jpg]

lol
Responder
#29

^Por falar nisso, ainda hoje fui vender uma coisa do olx aqui perto, a chover. Chego lá, e o comentário do homem "Ah agora com este tempo não está muito bom para andar de mota..", e eu "Pois, já não andava há 2 dias e bateu a saudade, em vez de trazer o carro (dos meus pais) vim de mota"

O homem deve ter pensado que eu era maluco lol

[Imagem: RwtqB8G.gif]
Responder
#30

E quando começam a comparar as cicatrizes de guerra?

No outro dia estava a sair de um restaurante e estavam dois homens à porta. Quando me viram a ir para a mota desejaram-me uma boa viagem (não costuma acontecer com o carro), eu agradeci e começaram a falar das motas que tiveram, a mostrar as cicatrizes e a falar dos acidentes.

O pessoal sabe como motivar.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 2 Visitante(s)