Caça à Próxima Montada [emoji3577]
#1

Bom dia, boa tarde ou boa noite!

Aqui vai ficar o relato da minha atual busca pela próxima máquina que irá substituir a "Ruiva" agora que a mesma está para sair da família!

Neste tópico vou atualizando onde vou ver as notas, que motas vejo, o que acho das mesmas e as razões que me levariam a comprar ou não!

Não farei grandes posts de Test-Drive e review pois não tenho jeito para isso e acho que há um tópico específico para o efeito!

Posto isto a ideia é partilhar e saber também opiniões vossas, nomeadamente das motas usadas que venha a ver!

E começa já hoje!

Destino??

FHI MOTOS em Leiria!!

Stand e oficina oficial de várias marcas, no entanto a que vou ver é nada mais nada menos que uma Royal Enfield Himalayan! Pode acontecer ver também o stock de usados que possivelmente tenham!

Futuramente tenho já planeado dar um salto à BOMCAR Leiria (se der tempo ainda hoje) para ver o stock de usados e testar também a nova BMW GS310!

E depois?? Depois vamos vendo! Ando a ver OLX e Standvirtual e afins, mas até lá vou reportando por aqui o caminho rumo à próxima máquina!

Boas curvas!! (Foto da máquina que está de saída só porque sim!)[Imagem: 8fab447130f00d821e61c176e589d135.jpg]

Enviado do meu Redmi Note 8 Pro através do Tapatalk

Eat, Sleep, Ride, Repeat!  V
Responder
#2

(26-06-2021 às 10:25)Gaudencio Escreveu:  Bom dia, boa tarde ou boa noite!

Aqui vai ficar o relato da minha atual busca pela próxima máquina que irá substituir a "Ruiva" agora que a mesma está para sair da família!

Neste tópico vou atualizando onde vou ver as notas, que motas vejo, o que acho das mesmas e as razões que me levariam a comprar ou não!

Não farei grandes posts de Test-Drive e review pois não tenho jeito para isso e acho que há um tópico específico para o efeito!

Posto isto a ideia é partilhar e saber também opiniões vossas, nomeadamente das motas usadas que venha a ver!

E começa já hoje!

Destino??

FHI MOTOS em Leiria!!

Stand e oficina oficial de várias marcas, no entanto a que vou ver é nada mais nada menos que uma Royal Enfield Himalayan! Pode acontecer ver também o stock de usados que possivelmente tenham!

Futuramente tenho já planeado dar um salto à BOMCAR Leiria (se der tempo ainda hoje) para ver o stock de usados e testar também a nova BMW GS310!

E depois?? Depois vamos vendo! Ando a ver OLX e Standvirtual e afins, mas até lá vou reportando por aqui o caminho rumo à próxima máquina!

Boas curvas!! (Foto da máquina que está de saída só porque sim!)[Imagem: 8fab447130f00d821e61c176e589d135.jpg]

Enviado do meu Redmi Note 8 Pro através do Tapatalk


Vou seguir… quero novidades da RE


Enviado usando o Tapatalk
Responder
#3

(26-06-2021 às 11:51)ana_lee2 Escreveu:  
(26-06-2021 às 10:25)Gaudencio Escreveu:  Bom dia, boa tarde ou boa noite!

Aqui vai ficar o relato da minha atual busca pela próxima máquina que irá substituir a "Ruiva" agora que a mesma está para sair da família!

Neste tópico vou atualizando onde vou ver as notas, que motas vejo, o que acho das mesmas e as razões que me levariam a comprar ou não!

Não farei grandes posts de Test-Drive e review pois não tenho jeito para isso e acho que há um tópico específico para o efeito!

Posto isto a ideia é partilhar e saber também opiniões vossas, nomeadamente das motas usadas que venha a ver!

E começa já hoje!

Destino??

FHI MOTOS em Leiria!!

Stand e oficina oficial de várias marcas, no entanto a que vou ver é nada mais nada menos que uma Royal Enfield Himalayan! Pode acontecer ver também o stock de usados que possivelmente tenham!

Futuramente tenho já planeado dar um salto à BOMCAR Leiria (se der tempo ainda hoje) para ver o stock de usados e testar também a nova BMW GS310!

E depois?? Depois vamos vendo! Ando a ver OLX e Standvirtual e afins, mas até lá vou reportando por aqui o caminho rumo à próxima máquina!

Boas curvas!! (Foto da máquina que está de saída só porque sim!)[Imagem: 8fab447130f00d821e61c176e589d135.jpg]

Enviado do meu Redmi Note 8 Pro através do Tapatalk


Vou seguir… quero novidades da RE


Enviado usando o Tapatalk
Lá por volta das 18h vou fazer a publicação com as conclusões do dia de hoje

Enviado do meu Redmi Note 8 Pro através do Tapatalk

Eat, Sleep, Ride, Repeat!  V
Responder
#4

E hoje lá fui experimentar esta máquina, a Royal Enfield Himalayan!

Os specs da mota não os sei ao pormenor, sei apenas umas pequenas coisas, tais como o facto de ser um motor de 411cc monocilíndrico, com os seus 24,5cv de potência, os 165kg (ou à volta disso) de peso, roda 21" à frente e o resto é melhor mesmo verem reviews no YouTube como deve de ser!

O que vos venho relatar é um ponto de vista de um cromo que não entende grande coisa de motas e, como tal, descreve o que sente e o que experiencia no teste!

A Himalayan ao perto digo já que é maior do que parece, não sendo de todo uma mota grande de qualquer maneira! Tenho 178cm de altura e subi para a mota sem necessidade de usar as peseiras para o efeito! Já lá montado os pés assentam na perfeição no chão, inclusive com o joelho ligeiramente dobrado! As manetes estás a uma distância que, para mim, resulta muito bem e permitiu que fosse o caminho todo numa posição muito neutra e confortável!

Instrumentos? Muito simples e com tudo no local "correto" (não houve disparos de buzina involuntários como já me aconteceu repetidamente numa CB500X)! O sistema "tripper" é uma ideia interessante, mesmo que não tenho tido possibilidade de testar, é um sistema de GPS curva a curva em que basicamente vai mostrando instrução após instrução, ou seja "curva à esquerda a 500m" e depois de passarmos a indicação "segunda saída na rotunda a 200m" e por aí a diante!

Conforto? Muito bom mesmo! Não é surpresa, 80% destas máquinas já têm em mente o conforto do utilizador e esta não é excepção, o banco é muito confortável os meus 100kg chegam para lhe dar algum esforço mas nunca sem chegar ao "limite" do banco! Posição de condução muito comum às que vemos na concorrência, inclusive notei muita facilidade em conduzir em pé, no que toca a lombas e imperfeições da estrada então aí era fantástica esta opção! O tanque é estreito e facilmente encontramos uma posição para as pernas que não seja fatigante! Já o vidro frontal, não é dos melhor para defletir o vento, com a minha altura ainda notava alguma coça do vento quando em mais altas velocidade (já lá chegamos)!

Velocidade??.... Bem.... Não muita é um facto... A mota em estrada plana (IC19) chegou aos 120km/h, pouco mais. Eu pessoalmente não estou habituado a andar muito rápido, a minha Ruiva comigo deve ter dado no máximo 140km/h não tendo muito mais que isso ainda guardado. Em arranque não notamos nada de extraordinário mas rapidamente vamos dos 0 aos 50km/h ao sair do semáforo o que permite ali algum Lane filtering com facilidade! Onde vejo que há real potencial é na força dela, que se nota principalmente nas subidas! A subir então é que não se queixa nada!

Com isto perguntam vocês certamente "Ela treme que é coisa má não?"... Não! Surpreendentemente só notei mais vibrações quando tentei dar o top speed dela, fora isso, só no limite de cada mudança é que se notava alguma vibração!

A condução em si é super intuitiva, vindo eu de motas super baixas, a altura dela impõe algum respeito (mesmo sendo mais baixa que as Big GS) no então é super fácil de andar às voltinhas e Zig zags, o seu formato mais estreito torna-a a meu ver mais ágil e maneirinha!

De resto?? Bem de resto o look dela ou se gosta ou não se gosta, para mim é um grande ponto a favor! Nesta última versão há apenas as cores preto matte, cinza matte com riscas castanhas e bancos castanhos e ainda verde matte com gráficos que fazem parecer camuflado de alguma forma. Para mim ainda ganha a preta matte embora a verde seja interessante!!

Segundo consta esta máquina brilha mais em off-road do que em estrada, no entanto eu aí não tenho opinião formada nos meus 15min de Test-Drive

Venha a próxima para teste!! [Imagem: 6822bf19e704affd1f5499d195a627b4.jpg]

Enviado do meu Redmi Note 8 Pro através do Tapatalk

Eat, Sleep, Ride, Repeat!  V
Responder
#5

(26-06-2021 às 18:10)Gaudencio Escreveu:  E hoje lá fui experimentar esta máquina, a Royal Enfield Himalayan!

Os specs da mota não os sei ao pormenor, sei apenas umas pequenas coisas, tais como o facto de ser um motor de 411cc monocilíndrico, com os seus 24,5cv de potência, os 165kg (ou à volta disso) de peso, roda 21" à frente e o resto é melhor mesmo verem reviews no YouTube como deve de ser!

O que vos venho relatar é um ponto de vista de um cromo que não entende grande coisa de motas e, como tal, descreve o que sente e o que experiencia no teste!

A Himalayan ao perto digo já que é maior do que parece, não sendo de todo uma mota grande de qualquer maneira! Tenho 178cm de altura e subi para a mota sem necessidade de usar as peseiras para o efeito! Já lá montado os pés assentam na perfeição no chão, inclusive com o joelho ligeiramente dobrado! As manetes estás a uma distância que, para mim, resulta muito bem e permitiu que fosse o caminho todo numa posição muito neutra e confortável!

Instrumentos? Muito simples e com tudo no local "correto" (não houve disparos de buzina involuntários como já me aconteceu repetidamente numa CB500X)! O sistema "tripper" é uma ideia interessante, mesmo que não tenho tido possibilidade de testar, é um sistema de GPS curva a curva em que basicamente vai mostrando instrução após instrução, ou seja "curva à esquerda a 500m" e depois de passarmos a indicação "segunda saída na rotunda a 200m" e por aí a diante!

Conforto? Muito bom mesmo! Não é surpresa, 80% destas máquinas já têm em mente o conforto do utilizador e esta não é excepção, o banco é muito confortável os meus 100kg chegam para lhe dar algum esforço mas nunca sem chegar ao "limite" do banco! Posição de condução muito comum às que vemos na concorrência, inclusive notei muita facilidade em conduzir em pé, no que toca a lombas e imperfeições da estrada então aí era fantástica esta opção! O tanque é estreito e facilmente encontramos uma posição para as pernas que não seja fatigante! Já o vidro frontal, não é dos melhor para defletir o vento, com a minha altura ainda notava alguma coça do vento quando em mais altas velocidade (já lá chegamos)!

Velocidade??.... Bem.... Não muita é um facto... A mota em estrada plana (IC19) chegou aos 120km/h, pouco mais. Eu pessoalmente não estou habituado a andar muito rápido, a minha Ruiva comigo deve ter dado no máximo 140km/h não tendo muito mais que isso ainda guardado. Em arranque não notamos nada de extraordinário mas rapidamente vamos dos 0 aos 50km/h ao sair do semáforo o que permite ali algum Lane filtering com facilidade! Onde vejo que há real potencial é na força dela, que se nota principalmente nas subidas! A subir então é que não se queixa nada!

Com isto perguntam vocês certamente "Ela treme que é coisa má não?"... Não! Surpreendentemente só notei mais vibrações quando tentei dar o top speed dela, fora isso, só no limite de cada mudança é que se notava alguma vibração!

A condução em si é super intuitiva, vindo eu de motas super baixas, a altura dela impõe algum respeito (mesmo sendo mais baixa que as Big GS) no então é super fácil de andar às voltinhas e Zig zags, o seu formato mais estreito torna-a a meu ver mais ágil e maneirinha!

De resto?? Bem de resto o look dela ou se gosta ou não se gosta, para mim é um grande ponto a favor! Nesta última versão há apenas as cores preto matte, cinza matte com riscas castanhas e bancos castanhos e ainda verde matte com gráficos que fazem parecer camuflado de alguma forma. Para mim ainda ganha a preta matte embora a verde seja interessante!!

Segundo consta esta máquina brilha mais em off-road do que em estrada, no entanto eu aí não tenho opinião formada nos meus 15min de Test-Drive

Venha a próxima para teste!! [Imagem: 6822bf19e704affd1f5499d195a627b4.jpg]

Enviado do meu Redmi Note 8 Pro através do Tapatalk


Gostei da review.

No entanto, esse vidro pra mim não existia

De resto, tb tenho de me sentar numa a ver. Foi daquelas q vi e gostei… mas nada q bata “testar”.


Enviado usando o Tapatalk
Responder
#6

(26-06-2021 às 19:29)ana_lee2 Escreveu:  
(26-06-2021 às 18:10)Gaudencio Escreveu:  E hoje lá fui experimentar esta máquina, a Royal Enfield Himalayan!

Os specs da mota não os sei ao pormenor, sei apenas umas pequenas coisas, tais como o facto de ser um motor de 411cc monocilíndrico, com os seus 24,5cv de potência, os 165kg (ou à volta disso) de peso, roda 21" à frente e o resto é melhor mesmo verem reviews no YouTube como deve de ser!

O que vos venho relatar é um ponto de vista de um cromo que não entende grande coisa de motas e, como tal, descreve o que sente e o que experiencia no teste!

A Himalayan ao perto digo já que é maior do que parece, não sendo de todo uma mota grande de qualquer maneira! Tenho 178cm de altura e subi para a mota sem necessidade de usar as peseiras para o efeito! Já lá montado os pés assentam na perfeição no chão, inclusive com o joelho ligeiramente dobrado! As manetes estás a uma distância que, para mim, resulta muito bem e permitiu que fosse o caminho todo numa posição muito neutra e confortável!

Instrumentos? Muito simples e com tudo no local "correto" (não houve disparos de buzina involuntários como já me aconteceu repetidamente numa CB500X)! O sistema "tripper" é uma ideia interessante, mesmo que não tenho tido possibilidade de testar, é um sistema de GPS curva a curva em que basicamente vai mostrando instrução após instrução, ou seja "curva à esquerda a 500m" e depois de passarmos a indicação "segunda saída na rotunda a 200m" e por aí a diante!

Conforto? Muito bom mesmo! Não é surpresa, 80% destas máquinas já têm em mente o conforto do utilizador e esta não é excepção, o banco é muito confortável os meus 100kg chegam para lhe dar algum esforço mas nunca sem chegar ao "limite" do banco! Posição de condução muito comum às que vemos na concorrência, inclusive notei muita facilidade em conduzir em pé, no que toca a lombas e imperfeições da estrada então aí era fantástica esta opção! O tanque é estreito e facilmente encontramos uma posição para as pernas que não seja fatigante! Já o vidro frontal, não é dos melhor para defletir o vento, com a minha altura ainda notava alguma coça do vento quando em mais altas velocidade (já lá chegamos)!

Velocidade??.... Bem.... Não muita é um facto... A mota em estrada plana (IC19) chegou aos 120km/h, pouco mais. Eu pessoalmente não estou habituado a andar muito rápido, a minha Ruiva comigo deve ter dado no máximo 140km/h não tendo muito mais que isso ainda guardado. Em arranque não notamos nada de extraordinário mas rapidamente vamos dos 0 aos 50km/h ao sair do semáforo o que permite ali algum Lane filtering com facilidade! Onde vejo que há real potencial é na força dela, que se nota principalmente nas subidas! A subir então é que não se queixa nada!

Com isto perguntam vocês certamente "Ela treme que é coisa má não?"... Não! Surpreendentemente só notei mais vibrações quando tentei dar o top speed dela, fora isso, só no limite de cada mudança é que se notava alguma vibração!

A condução em si é super intuitiva, vindo eu de motas super baixas, a altura dela impõe algum respeito (mesmo sendo mais baixa que as Big GS) no então é super fácil de andar às voltinhas e Zig zags, o seu formato mais estreito torna-a a meu ver mais ágil e maneirinha!

De resto?? Bem de resto o look dela ou se gosta ou não se gosta, para mim é um grande ponto a favor! Nesta última versão há apenas as cores preto matte, cinza matte com riscas castanhas e bancos castanhos e ainda verde matte com gráficos que fazem parecer camuflado de alguma forma. Para mim ainda ganha a preta matte embora a verde seja interessante!!

Segundo consta esta máquina brilha mais em off-road do que em estrada, no entanto eu aí não tenho opinião formada nos meus 15min de Test-Drive

Venha a próxima para teste!! [Imagem: 6822bf19e704affd1f5499d195a627b4.jpg]

Enviado do meu Redmi Note 8 Pro através do Tapatalk


Gostei da review.

No entanto, esse vidro pra mim não existia

De resto, tb tenho de me sentar numa a ver. Foi daquelas q vi e gostei… mas nada q bata “testar”.


Enviado usando o Tapatalk
Acho que é o melhor mesmo! E vais gostar de certeza

Enviado do meu Redmi Note 8 Pro através do Tapatalk

Eat, Sleep, Ride, Repeat!  V
Responder
#7

UPDATE 30/06

Hoje foi o dia de mais um test-drive, desta vez no stand Migueis Motos em Leiria!

A máquina, uma Benelli TRK 502X (foto)!!

Uma melhoria substancial em relação à Himalayan sem dúvida nenhuma!

Logo de início impõe outro respeito com aquele aspecto de bicho mau e tanque largo! Quando me sentei nela, outro respeito foi logo à altura que, embora concebível, não era a minha zona de conforto (que diga-se de passagem é tipo sofá lá de casa por isso não é muito por aí além!)... A altura em si não achei que fosse tremenda, apenas diferente, com os meus 178cm (ou coisa assim) quase que conseguia pôr o pé todo no chão, faltaria talvez uns 2/3cm, coisa que é resolvida se optar pela versão "não X" que é uns 4cm mais baixa (comprovado no stand ao me sentar na de exposição).

Posição de condução? Ora os pedais levam a que tenha os pés a apontar para baixo o que é estranho a início mas nada de mais, o tanque em si tem um design que permite encaixar as pernas na perfeição e fica uma posição, deixem-me que diga, muito boa e confortável! Daí para cima, tronco direito como é habitual no segmento e o guiador está a uma boa distância e com uma largura muito boa para manter a postura direita! Não senti qualquer cansaço nos 20min que andei com ela... Os travão agarram e de que maneira e a caixa parecia manteiga, mas talvez demasiado sensível?? (Mota com 2mil km)

Conforto? O banco é muito confortável, aliado à posição de condução acho que tem um óptimo conforto num geral! O vidro frontal é algo alto e corta grande parte do vento, o que se nota em velocidades mais elevadas! Em trânsito ela é muito fácil de manusear, talvez sendo apenas excepção (atenção que sou maçarico neste segmento pode ser essa a causa) em trânsito mais parado, onde senti mais o peso da mota e senti que fazia algum esforço a tentar equilibrar a mota! O peso em si acho que ronda os 200kg, mas não a senti menos ágil por isso! As curvas que fizemos, algumas bem apertadas, não foram qualquer desafio para a máquina, embora não as tenha atacado como o homem do stand que seguia à minha frente (lá está, não estou habituado e levei a mulher à pendura).

Em termos de velocidade, num troço mais rápido esgotou ali nos 160km/h (velocidade do mostrador) e chegou lá facilmente e manteve-se lá facilmente! O vento era tolerável, até talvez mais do que em velocidade mais baixa!

Queixas da pendura?? Só uma, queixou-se que a 160km/h a mota vibrava muito! Eu pessoalmente notei que a mota vibra um bocado ao longo de todas as rotações, nomeadamente nos pés e punhos, no assento quando vai muito perto da redline é que se sente mais... Não é desconfortável por assim dizer, mas está lá!

Para a pendura em termos de conforto, ela gostou bastante do banco e dos "porta-couves" e diz que se sentia segura (nunca andou de mota, apenas 2/3 vezes na Dragstar)! Apenas comentou que escorregava do banco...

Conclusão, inspirou-me muita confiança na condução mesmo tendo em conta o tamanho dela, entre está e a Himalayan, definitivamente fiquei mais impressionado com a Benelli!!

Se houver opiniões contrárias ou razões para fugir a sete pés avisem!! [Imagem: de6f72a6434afa92d227ebbd6f088254.jpg]

Enviado do meu Redmi Note 8 Pro através do Tapatalk

Eat, Sleep, Ride, Repeat!  V
Responder
#8

Isso dá 160 com pendura? Cada vez se torna mais claro que comprei a moto errada.

O insignificante
Responder
#9

(30-06-2021 às 22:55)pareias Escreveu:  Isso dá 160 com pendura? Cada vez se torna mais claro que comprei a moto errada.
Pelo menos ali deu a mota não é minha não tenho razão para pôr ali mais do que deu (se fosse minha dizia que tinha dado 180 só para pôr qualquer coisa a arder aqui)... Que é certo é que vinha de uma descida e quando chegamos à zona em plano, em sexta a fundo, com pendura (total de 160kg de gente) mais depósito meio cheio chegou aos 160 marcados no velocímetro (aqui pode haver diferença claro, diria que 5km/h?)

Enviado do meu Redmi Note 8 Pro através do Tapatalk

Eat, Sleep, Ride, Repeat!  V
Responder
#10

Olá Gaudencio,

estive a ler os teus 2 reviews sobre as motas testadas e talvez a benelli seja mais apropriada para ti.

A Himalayan é uma mota completamente fora dos gostos ditos normais do pessoal. Estranha à primeira vista, os 24cv assusta o pessoal, não anda tanto como essa benelli e não se vê muitas, logo dá aquela sensação que aquilo não deve de ser lá muito bom e todas as outras motos oferecem melhores sensações ao motociclista.

Pois bem meu caro, a himalayan é assim, uma mota crua e rude que tem a capacidade de fazer a selecção natural. Nos não a escolhemos mas sim ela é que nos escolhe.

É uma monocilindrica que pouco vibra, capaz de te levar a qualquer lado sem esses 160kms de ponta que a benelli oferece (140km no máximo).

Queres tecnologia? Pouco tem. Simples, purista mas que ao motociclista por ela escolhido cria a simbiose de os 2 serem apenas 1.

Isto é a Himalayan. Uma mota diferente, com um torque delicioso capaz de te satisfazer mesmo em terrenos mais difíceis.

É bruta mas consegue ser suave e bastante agradável de se conduzir.

Queres monte? Ela vai. Não se nega a nada.

Queres estrada. Também vai mas no ritmo dela. É uma senhora bruta mas quer respeito.

Claro está que eu fui um dos escolhidos por esta gema e na altura da escolha foi aquilo e mais nada.

Tem motas assim e esta é uma delas.


Boa sorte com a Benelli e a sua grande velocidade.


Abraço e boas curvas.
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)