BMW desenvolve mota com auto pilot
#1

fixe mal posso esperar por dormir na a1 e descansar um bocadito

bmw com auto piloto

[Imagem: 3a28d74fcda810d6526bb56e69702394.jpg]
Responder
#2

O artigo começa com esta frase:

Citar:Motorcycle riders die at a rate 28 times higher than that of people behind the wheel of a car.

Já nem li o resto.
Responder
#3

Recebemos indicação superior para não inserir links, mas sim um abstract, seguido de uma tradução rigorosa do artigo original, com as fotografias mais relevantes para o fórum.

Pelo menos foi o que me transmitiram de forma enfática.

O insignificante
Responder
#4

Já se tinha falado disto há tempos, por aqui. Isto surgiu mais ou menos na mesma altura que aquela NC também com condução autónoma, que inclusivamente "nos seguia" ou vinha ter connosco.

[Imagem: 3wGFRjH.jpg]

«-Kitchi amigão... vem mi sauvá!»

(16-07-2021 às 02:41)Liquid_Fire Escreveu:  fixe mal posso esperar por dormir na a1 e descansar um bocadito

lol

Acaba a ser não tão diferente assim do que actualmente se designa simplesmente de "ir à pendura"!!! bigsmile

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#5

Vocês não "lembem" mesmo nada disto... como o espanhol diria....

O objectivo das grandes contrutoras de motos... não é fazerem motos que nós gostemos... a quem normalmente costuma comprar motos... a maior fatia de mercado são precisamente aqueles que nunca sequer puseram a hipótese de comprar uma moto... porque não sabem andar de moto....

Assim... com um sistema destes... a BMW vai conseguir vender motos virtualmente a toda a gente... altos, baixos, magros, gordos, fortes, fracos, homens, mulheres... e ... todos...

O objectivo é conseguir vender o que produzem a quem quer que seja....

Brutal...
Responder
#6

Não me parece que isto seja algo a ir parar assim "as is" ao mercado, pelo menos a curto/médio prazo.

O conceito puro de self-drive numa mota levanta várias preocupações e desafios que não existem ao nível dos automóveis.

Entendo mais como uma "masturbação" de engenharia, cujo objetivo será tirar depois algumas ideias para introduzir ao nível da eletrónica atual das motas.
Responder
#7

(16-07-2021 às 14:16)marco.clara Escreveu:  ....uma "masturbação" de engenharia...

Sounds familiar.

Seguradoras e as organizações de segurança rodoviária é que têm estado em cima das motos.

Conheço gente a dar vergastadas nas motos. Nunca estiveram em cima de uma moto, mas estão em cima das motos.

«Com motos na via pública nunca se atingirão as metas de segurança rodoviária»

O insignificante
Responder
#8

(16-07-2021 às 14:16)marco.clara Escreveu:  Não me parece que isto seja algo a ir parar assim "as is" ao mercado, pelo menos a curto/médio prazo.

O conceito puro de self-drive numa mota levanta várias preocupações e desafios que não existem ao nível dos automóveis.

Entendo mais como uma "masturbação" de engenharia, cujo objetivo será tirar depois algumas ideias para introduzir ao nível da eletrónica atual das motas.


Concordo, as derivações destes ensaios de engenharia traduzem-se depois em funcionalidades mais praticas e realmente com alguma utilidade como são os "radares" das novas Ducati MTS V4 e da KTM SA 1290.




[Imagem: 3a28d74fcda810d6526bb56e69702394.jpg]
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)