Benelli vai entrar no universo náutico - QJ1200
#21

Estes preconceitos, verdades ou falácias sobre a qualidade de certas marcas e modelos de mota, surgem tipicamente das conversas de café (ou de fórum) em que a maioria da malta acha sempre que tem a última coca-cola do deserto, mesmo quando é possuidor de um trambolho, ou apenas de uma mota de qualidade mediana que até poderá cumprir com os propósitos que serve. Isto porque "a nossa mota é sempre a melhor do mundo". A partir daí começam as brincadeiras, picardias e críticas, como se compete nessas mesmas conversas de café, onde se aumentam as caraterísticas (negativas ou positivas) das ditas motas. As sucati perdem peças... as Keeway têm os parafusos desapertados... As Benelli não têm qualidade... etc. etc. etc. Vale o que vale, que é muito pouco, exceto no sentido de nos dar a todos tema de discussão (o que não é mau)! Por isso por mim, 'tá bom assim e podemos continuar! blink

Agora vou ali pegar na melhor mota do mundo, que é a minha, e dar uma voltinha. lol
Responder
#22

Falando em parafusos, os da Cbzinha são tão bons que anteontem a montar o deflector e a usar a chave do kit da mota, moí as areastas de um parafuso. Qualidade "honda é honda". (mas montei aquela merda sem precisar daquele...ahah)

Todas as motas têm problemas. Umas mais, outras menos. Mas é sempre mais facil achincalhar uma marca chinesa low cost do que uma marca reputada.

[Imagem: muhz7is.jpg]
Responder
#23

Não me parece que, ao virem desmontadas se ganhe no transporte. O volume ou o peso continua a ser o mesmo...
Si que é verdade que muitos concessionários pouco sabem disso, para além de vender.

Muitas vezes perder uma parafuso não tem nada a ver com o binário de aperto.
Porque por mais que este bem a máquina emite vibrações que despertam esses mesmos parafusos.
Ora são essas vibrações que mostram onde a marca fez os cortes ao custo de produção final do produto. Fez cortes precisamente na parte embrionária do desenvolvimento do produto.

Mas não é só a Benelli.
Talvez seja a mais visível porque, entre outras coisas, a maioria dos seu modelos tem uma estética inspirada em modelos icónicos existentes no mercado (outra forma de cortar nos custos de desenvolvimento), o que leva a criar essa imagem de aparente fiabilidade que depois se traduz em clientes descontentes.
Responder
#24

(22-01-2020 às 11:41)marco.clara Escreveu:  Estes preconceitos, verdades ou falácias sobre a qualidade de certas marcas e modelos de mota, surgem tipicamente das conversas de café (ou de fórum) em que a maioria da malta acha sempre que tem a última coca-cola do deserto, mesmo quando é possuidor de um trambolho, ou apenas de uma mota de qualidade mediana que até poderá cumprir com os propósitos que serve. Isto porque "a nossa mota é sempre a melhor do mundo". A partir daí começam as brincadeiras, picardias e críticas, como se compete nessas mesmas conversas de café, onde se aumentam as caraterísticas (negativas ou positivas) das ditas motas. As sucati perdem peças... as Keeway têm os parafusos desapertados... As Benelli não têm qualidade... etc. etc. etc. Vale o que vale, que é muito pouco, exceto no sentido de nos dar a todos tema de discussão (o que não é mau)! Por isso por mim, 'tá bom assim e podemos continuar! blink

Agora vou ali pegar na melhor mota do mundo, que é a minha, e dar uma voltinha. lol

Ora aí está... o real problema de muita gente é que pensa que compra uma mota de 6 mil euros e pensa que tem o equivalente a uma de 25 mil. E isto é tão válido para a Benelli, como para qualquer outra marca.

Lone Rider Escreveu:Não me parece que, ao virem desmontadas se ganhe no transporte. O volume ou o peso continua a ser o mesmo...

O peso é o mesmo, o volume não pois podes compactar mais. E pode ser a diferença entre meter num barca 500 ou 505 motas. O que pode parecer pouco mas se transportares por ano 100 000 motas faz uma diferença do caralho!

Ditadura dos Flocos de Neve
Responder
#25

(22-01-2020 às 08:18)nelsonajm Escreveu:  Será mesmo que as benelli são assim tão más...

Não sei. Nunca tive uma Benelli.

E por isso falei apenas da má fama que elas gozam e do hype menos positivo, de que se pode constatar, pelas opiniões gerais que se lêem por aí, inclusivé dentro dos grupos de aficionados ou proprietários da marca.
O facto de terem havido alguns modelos com problemas de "juventude", ajudou em grande parte a esta publicidade mais negativa... que a somar à proveniência chinesa, ao custo de aquisição mais barato (que tende a relacionar-se logo com uma qualidade mais sofrível) e ao decalque estético descarado de muitos modelos de outras concorrentes, criou uma opinião geral sobre a marca, menos abonatória.

No entanto, muitos dos que conhecem esta (nova) Be(chi)nelli, desconhecem de todo o que na realidade esta marca já foi. Aliás, é mesmo a mais antiga marca europeia de motos, em actividade.

[Imagem: QKmafvp.png]
Responder
#26

Não é só a juventude é a procura da pequena tnt 125 levou a que muitas saissem com problemas de fraco aperto de parafusos de alguns acessórios.
Depois muito pessoal pensou que iria ter com a trk, uma africa twin a baixo custo e sairam goradas algumas expetativas.
É sempre uma boa mota de transição.
Agora os voos para a 502c, para a 800 e agora a 1200 é outro patamar.

As Benelli 100% europeias também não eram um item com grande fiabilidade...e algumas soluções discutiveis....tipo as ventoinhas de refrigeração da tornado, tipo submarino...
Responder
#27

(22-01-2020 às 16:26)midnightblack Escreveu:  As Benelli 100% europeias também não eram um item com grande fiabilidade...

Exacto! Em linha com as outras conterrâneas da época... excelente design e algumas soluções "fora da caixa", mas com handicaps em matéria de robustez e fiabilidade. Handicaps esses que lhes granjeou uma fama de que algumas dessas italianas ainda (e também) continuam a gozar actualmente.

Não esqueçamos que a Benelli já teve modelos desportivos de 1130cc, com motores tricilíndricos (e as peculiares ventoinhas de arrefecimento sob a baquet bigsmile).

[Imagem: Kovg7aU.jpg]

[Imagem: QKmafvp.png]
Responder
#28

Vou me meter nesta embrulhada com um exemplo fora do mundo das motas(um pequeno off topic)...

A fama dos alfa romeos?
O que aconteceu? foi a fama dos carburadores, como eram carros com motores afinados para velocidades mais altas, os carros a andar em cidade desafinavam muito mas para isso o tratamento era uma corridinha em auto-estrada e o caso ficava resolvido... lol e para não falar dos mecânicos que não percebiam muito sobre os alfa romeos e começaram a espalhar a fama.
E podiam ter outros problemas tanto na parte do tratamento da chapa como na parte eletrica, mas isso são problemas que aconteceram nos anos 80/90 ou até antes...
Agora os alfa são tão fiaveis como os carros de qualquer outra marca.

Mas a fama numa marca é uma coisa muito dificel de apagar.

Voltando ao tema das motos, já ouvi falar bem e já ouvi falar mal da benelli (inclusive os parafusos do descanço), e a marca lá vai aprendendo com os erros.
Eu nunca experimentei por isso não tenho voto na matéria, mas que a fama é fodida? ai isso é

CBF600SA
______________________

[Imagem: hmcSPs3.jpg]
Responder
#29

(22-01-2020 às 11:41)marco.clara Escreveu:  Estes preconceitos....


Não me recordo do motivo, mas acabei a leitura por aqui.

Ah! Sim, já me lembro, era uma piada com as novas matrículas.
Responder
#30

Tudo aí a tremer cos nervos.

New Benelli 600 and 1200 models emerge in China
[Imagem: benelli-600.ashx?h=740&w=740&la=en&hash=...E37DB94431]

[Imagem: muhz7is.jpg]
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)