Apresentação cbr 600f sport
#41

Se a cada 6 mil pagar para mudar o oleo tb pode pagar para o resto, já que o mecânico tb estará com a mao na fruta!  lol

O melhor mesmo é ir aprendendo a fazer. Os intervalos das manutenções das motas nao sao muito simpáticos para a carteira.
Responder
#42

(27-03-2018 às 10:14)LoneRider Escreveu:  Se tiveres que pagar a cada 6000 para te desmontarem o deposito da mota para acceder a caixa e ao filtro para proceder à limpeza, ainda deve ficar em conta.

Se calhar sou marreta em afirmar que alguma coisa não está bem quando se diz que ganha mais caudal de passagem e, ainda assim, mantém esse poder de filtragem.... think

Deve ser da idade pá! rolleyes

Penso que a generalidade das motas da década de 2000 até 2010, japonesas vem com intervalos de manutenção mais ou menos de 6000 em 6000km, para verificar não só o filtro de ar como outros pontos. Pelo menos a yamaha era, e a Z também.

O cumprimento integral do caderno de manutenção, é uma decisão exclusiva do proprietário e se entende rever-se na mesma ou não.

Sobre filtros e sistemas de filtragem ainda é uma ciência algo complexa e existem muitas aplicações, objectivos e oferta.

Um filtro, por si, é um elemento que tem como objectivo capturar partículas específicas, num fluxo.

Um filtro de uma mota ou carro, é do mais simples que existe pois tem enquanto objectivo uma filtragem gravimétrica ou seja, reter partículas maiores que um determinado tamanho. Não se me afigura nada impossível garantir mais eficiência, aumentando por exemplo por processo construtivo, a área de filtragem.

Não me interessa alongar muito em acentuar muito a discussão, mas tens aplicações de filtragem muito mais específicas e complexas, como por exemplo em sistemas tratamento ar novo edifícios, ou a aplicação numa extracção de uma cozinha profissional através de um processo electrostático, com a indução de uma carga oposta para garantir a retenção na célula de filtragem. Serve por exemplo para evitar o 'mau cheiro' para o exterior.

Tens um expoente máximo de filtragem bacteriológico, de qualidade hospitalar na renovação de ar de uma sala de operações de um hospital.


Responder
#43

Falta a fórmula Vindaloo!!!
Falta a fórmula!!!


Sabes bem que não sou engenhocas, nem tenho estudos académicos pelo que me oriento por uma ciência pouco exacta que se chama lógica de um marreta.

Aumentar a área se filtragem sem aumentar o espaço que essa área ocupa, segundo a lógica, supõe várias capas de filtro, o que, supostamente vai dificultar o fluxo, logo menos caudal comparado con um filtro com menos capas (digo eu).

Mas se calhar sou eu pá, que sou marreta! smile

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#44

(27-03-2018 às 11:19)LoneRider Escreveu:  Falta a fórmula Vindaloo!!!
Falta a fórmula!!!


Simplifying
fuck = you

Solving
cfku = ouy

Solving for variable 'c'.

Move all terms containing c to the left, all other terms to the right.

Divide each side by 'fku'.
c = f-1k-1oy

Simplifying
c = f-1k-1oy

lollollollollollollollol


Responder
#45

Tanta coisa para dizer, vai pro caralho pá! lol

As minhas máquinas (e ex):
Kawasaki Versys 1000 / KTM 1290 Super Duke GT
Yamaha FZS 600 Fazer

[Imagem: censorship2.jpg]

Responder
#46

Era bué mais simples!
Acabei por nem entender bem o que pretendeu dizer com a fórmula....

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#47

Lone um filtro de ar OEM (de papel) faz a filtragem do ar como se fosse um peneiro. Um desportivo faz da mesma forma para partículas maiores, mas para as partículas mais pequenas faz através da ajuda do líquido na sua superfície que "agarra" as partículas ao tocarem nesta superfície.
Daí manter a mesma capacidade de filtragem mas permitir um maior caudal de ar.  blink
Responder
#48

(27-03-2018 às 11:38)pedromt07 Escreveu:  Lone um filtro de ar OEM (de papel) faz a filtragem do ar como se fosse um peneiro. Um desportivo faz da mesma forma para partículas maiores, mas para as partículas mais pequenas faz através da ajuda do líquido na sua superfície que "agarra" as partículas ao tocarem nesta superfície.
Daí manter a mesma capacidade de filtragem mas permitir um maior caudal de ar.  blink

Pedro pá.
Não é de todo certo.
Nas mecânicas modernas, o respiro do cárter está ligado à caixa de filtro de ar.
Para além de evitar os vacuos e excessos de pressão dentro do motor, o que acontece é que os "vapores" provocados pelo funcionamento e constante movimento do óleo, pressão e temperatura, subam à admissão empapando o filtro que la está colocado de óleo, viscoso e langonhento, que inevitavelmente vai dar uma ajuda na retenção das partículas mais finas que passam pelo filtro.
Ou seja, esse "líquido também existe" num filtro de origem.

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#49

Se vocês percebessem tanto de mulheres como de filtros de ar este forum não tinham ninguém que estavam todos ocupados em casa!
Responder
#50

Motas dao menos trabalho e quando gente se monta nelas nao se queixam que tem dores de cabeca!  lol
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)