A aventura começa
#11

Eu foi numa gn250 que estava de tal maneira boa que só andava com o ar puxado lol
Responder
#12

(07-01-2015 às 16:54)quatropiscas Escreveu:  A mim, para começar, calhou-me uma Honda Custom 125. Só me faltaram os olhos em bico para me sentir em Saigão!  lol

Andei várias vezes com algumas. Uma 125 bicilindrica era comum na década de 90, ao contrário dos dias de hoje que são quase todas monocilindricas (excepção que me lembre, das Hyosung Comet/GT/Aquila, das Leonart e das Regal Raptor, que partilham a mesma base).
Este motor da CM serviu ainda para a Rebel 125 e era derivado do bloco das Two Fifty, da qual existiram a CB e a também a Rebel 250.

[Imagem: stock%20honda125rebel.jpg]

Rod Escreveu:Eu foi numa gn250
As GN250 durante muito tempo foram as motos de eleição da maior das escolas. Baratas, simples, robustas, fiáveis... se caissem, pouco ou nada se estragava... e tinham uma coisa que era quase exclusiva na época e muito útil a instruendos... um indicador de mudança engrenada, algo que hoje já muito comum.

[Imagem: suzuki_gn_250_1996_3_lgw.jpg]

[Imagem: zX4Kq81.png]

Responder
#13

Pois, a que eu andei já não tinha nada a informar...tal era o estado dela
Responder
#14

Cheguei....

Bem o dia estava a correr magicamente bem na zona do código não falhei nenhum exame durante as 2 horas que lá tive e até...
[Imagem: 2015_01_07_16_24_16.jpg]


Depois chegou a hora de montar pela primeira vez ahahahha
[Imagem: 2015_01_07_15_35_40.jpg]


E depois nem vos digo o filme que foi...

Primeiro quem me ia emprestar as luvas deixou-as no carro da mãe.Eu tinha as minhas luvas da quechua normais e teve q desenrascar!
Depois primeiro q percebe-se como se mete uma pu** duma mota a andar é q foi ahahah
Não atinava com a embraiagem daquilo,depois no momento em q consigo andar mais de uns 2/3 metros mete-se uma carrinha de transporte de crianças á minha frente  censored  censored

Eu como não ia meter-me pela esquerda fiquei lá á espera que o senhor fosse embora wtf
Lá consegui por-la a andar outra vez até a uma rotunda ,até safou depois tive de se parar mais á frente e foi grande filme para começar a andar outra vez!
Já se andou prai 800 metros tudo em primeira ahahaha

Lá fui mandado para para receber umas dicas e tal e dar a volta ao quarteirão,tudo bem começei a mecanizar as mudanças e devo dizer q adorei o facto de da 3ª para cima se sentir verdadeiramente um empurrãozinho. Mas foi o crl na mesma sempre q metia outra mudança a mota dava um salto xD(coisas de nabiça q n larga o acelerador).
Depois veio a parte q mais gostei, a parte mais a direito do trajecto lá consegui por a 4ª e gostei da sensação de andar ali mas sempre com um olho no espelho esquerdo cheio de medo de levar com um carro em cima .Depois lá se abriu um espaço de 40/50 m entre mim e o carro d instrutor e uma mulher meteu-se entre nós.Eu tinha  a marginal toda aberta e pensei em ultrapassar mas achei melhor não.

Passados uns dois minutos ia prai a 20 km/h quando uma carrinha se mete vinda da direita(já tava a apertar o carro do instrutor para entrar) vou ser sincero cum caralho fiquei assutado aquilo foi buzina palavrões agarrar na embraiagem e puxar do acelerador tudo o q dava para fazer barulho eu fiz quase q levei com uma carrinha em cima...

Para o fim quando começei a atinar com as mudanças e com o acelerador acabou a aula,mas sai da mota a tremer q nem uma vara verde que emoção clap  clap  clap  clap  clap

PS:andei esses 800m com o pisca para a direita ligado sem me aperceber ,e tambem fui chamado á atenção por me meter entre um carro e passei na entrada de uma rotunda mas não percebi muito bem qual foi o mal sad confused
Ps2: a mota tinha indicador de mudanças !!!! ajudava imenso , mas o velocimetro nao funcionava ahahha
Responder
#15

Parece-me bem para primeira aula.

A minha primeira aula foi para "conhecer a mota" e fazer uns 0's (os 8's foi na segunda aula) num pequeno parque que a escola tinha para o camião e restantes veículos.
Comecei numa Yamaha 250 (não consegui perceber qual era o modelo) e passadas umas 4 aulas, lá montei uma CB500.
A propósito, o que é isso de "indicador de mudanças"?? Na minha, nem a merda do indicador de "Neutral" funcionava...
Convém referir que eu tbm nunca tinha conduzido uma mota. E após o exame de condução (há uns 3 meses atrás), não voltei a conduzir nenhuma (nunca mais me decido sobre que quero)

Boa sorte com isso.

[Imagem: zD43YvL.jpg]
Responder
#16

Perfeitamente normal para primeira aula smile Ainda bem que o código está a correr bem.
Pelo que percebi, também estás a tirar a carta de carro, certo?
Responder
#17

Boas.

Para quem nunca mexeu numa mota, pode ser um pouco complicado ao início. Mas passo rápido vais ver.
Depois há também a questão que aprendemos a condução nas motas da escola que, normalmente, não se encontram em grande estado, o que dificulta um pouco a habituação às mudanças de velocidades e habituação a coloca-las em ponto morto. Por vezes o próprio acelerador é brusco, devido às folgas que vai adquirindo.

Mas depois de habituado, tudo isso se esquece rápido.

No meu caso não estranhei tanto porque tive uma moto 4 antes de tirar a carta de mota. E, parece que não, mas estando habituado ao funcionamento do acelerador, travão e embraiagem, ajuda. A partir daí é só concentrar no equilíbrio, que um gajo já tem da bicicleta.

É como já disseram atrás, o importante é ter calma e fazer as coisas devagarinho. O nervoso depois acaba por passar.
Eu também fiz a minha condução e exame em pleno inverno. Várias vezes, para além do frio, apanhei valentes molhas. Foi uma recruta de luxo.

Cumprimentos a todos.

________________________________________________________________________________________

Triumph Sprint ST 1050 '08 (Dark Blue)
Aprilia RSV4 Factory '09 (Aprilia Racing theme)
Yamaha YZF-R6 '07 (Captain America theme)
---
Yamaha FZ8 '10 (White/Gold)
Kawasaki ZX-6R Ninja '08 (Orange)
Responder
#18

(08-01-2015 às 13:27)KaWOWsaki Escreveu:  Boas.

Para quem nunca mexeu numa mota, pode ser um pouco complicado ao início. Mas passo rápido vais ver.
Depois há também a questão que aprendemos a condução nas motas da escola que, normalmente, não se encontram em grande estado, o que dificulta um pouco a habituação às mudanças de velocidades e habituação a coloca-las em ponto morto. Por vezes o próprio acelerador é brusco, devido às folgas que vai adquirindo.

Mas depois de habituado, tudo isso se esquece rápido.

No meu caso não estranhei tanto porque tive uma moto 4 antes de tirar a carta de mota. E, parece que não, mas estando habituado ao funcionamento do acelerador, travão e embraiagem, ajuda. A partir daí é só concentrar no equilíbrio, que um gajo já tem da bicicleta.

É como já disseram atrás, o importante é ter calma e fazer as coisas devagarinho. O nervoso depois acaba por passar.
Eu também fiz a minha condução e exame em pleno inverno. Várias vezes, para além do frio, apanhei valentes molhas. Foi uma recruta de luxo.

Cumprimentos a todos.
Achei o acelerador muito "curto" eu ao máximo nem chegava a rodar 1/4 do meu pulso... E a embraiagem só funcionava ,para andar,nos ultimos 2 cm assim como o travão só travava quando se puxava mesmo tudo.

Acho q esqueci-me de contar q andei 1/3 da aula com o pé no travão a pensar q era o apoio cool cool cool eu achava estranho a mota n tar a andar nada proud
Responder
#19

(08-01-2015 às 13:11)quatropiscas Escreveu:  Perfeitamente normal para primeira aula smile Ainda bem que o código está a correr bem.
Pelo que percebi, também estás a tirar a carta de carro, certo?

Sim,mas essa vem depois espero q seja mais facil q atinar com os comandos da mota.

@mr.kok a mota tinha luzinhas para sinalizar a mudança tinha 5 luzinhas!!! o q ajudava imenso .

A coisa mais dificilpara mim era passar para segunda mad porque ia sempre para ponto morto cry

Ah e tambem o mudar de mudança andava sempre com um solavanco ainda n percebi bem o q estou a fazer mal mas sempre q subia ou baixava a mota saltava confused
Responder
#20

(08-01-2015 às 14:44)Shady Escreveu:  
(08-01-2015 às 13:11)quatropiscas Escreveu:  Perfeitamente normal para primeira aula  smile Ainda bem que o código está a correr bem.
Pelo que percebi, também estás a tirar a carta de carro, certo?

Sim,mas essa vem depois espero q seja mais facil q atinar com os comandos da mota.

Os comandos do carro parecem-me um pouco mais difíceis, pois são com os pés e tem-se menos sensibilidade nos pés. E o exame de condução de carro é mais difícil, pois tem muito mais manobras. Na mota, são os oitos. No de carro é o estacionamento, inversão de marcha, contornar passeio em marcha-atrás, etc. Mas também tens mais lições (30, salvo erro).
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)