Água em vez de gasolina: Redução do consumo de combustível até 13%
#1

Citar:Sabia que mesmo os avançados motores a gasolina desperdiçam perto de um quinto do combustível? Especialmente em altas rotações, alguma da gasolina é usada para arrefecer em vez de ser usada para a propulsão. Com a sua nova injeção a água, a Bosch mostra que não tem de ser dessa forma.

Particularmente numa aceleração rápida ou numa autoestrada, a injeção de água adicional torna possível reduzir o consumo de combustível até 13%.

Mas não é apenas na poupança de combustível que a inovação Bosch marca a diferença. Pode também dar mais potência aos carros. “Injeção a água pode dar uma potência extra a qualquer motor a turbo”, afirma Stefan Seiberth, presidente da divisão de Sistemas de Gasolina da Bosch.

Ao termos ângulos de ignição mais cedo, o motor é operado de uma forma ainda mais eficiente. Desta forma, os engenheiros podem enviar energia adicional para o motor, mesmo em potentes carros desportivos.

Fonte: https://empresashoje.pt/...
[/url]
[url=https://empresashoje.pt/informacao/agua-em-vez-de-gasolina-reducao-do-consumo-de-combustivel-ate-13/]

Boas curvas! 
Responder
#2

Muito interessante....


[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder
#3

Levando em conta que existe muito oxigénio na água, e que uma molécula de água tem 2 átomos de Hidrogénio, confere.

Agora, o ideal era tirar a gasolina no meio disso tudo!

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#4

Já se fez em carros, a injecção de água para combustão, e acho que estava em estudo para voltar a ser implementado. Dizem que reduz as emissões e os consumos.

Enviado do meu Aquaris M5 através de Tapatalk

V
Responder
#5

Dizem.....

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#6

(01-09-2016 às 13:02)LoneRider Escreveu:  Levando em conta que existe muito oxigénio  na água,  e que uma molécula de água tem 2 átomos de Hidrogénio,  confere.

Não confere.
Porque não há electrólise.

A ideia destes mecanismos é reduzir a temperatura da combustão e ainda funcionar como antidetonante.
Após a combustão a água continua a ser água... mas em forma de vapor.


Para utilizar o oxigénio como combustível seria necessário dissociar as moléculas.
O método mais simples é a electrólise.
Mas o resultado não serve por duas razões:

- A quantidade de energia necessária para separar as moléculas é superior à energia produzida pela combustão.

- O hidrogénio é a molécula mais pequena que se conhece.
E é tão pequena que a estrutura molecular de qualquer outro material a deixa escapar.
E no caso dos metais, acelera substancialmente a degradação dos mesmos.
Responder
#7

(01-09-2016 às 17:36)dfelix Escreveu:  
(01-09-2016 às 13:02)LoneRider Escreveu:  Levando em conta que existe muito oxigénio  na água,  e que uma molécula de água tem 2 átomos de Hidrogénio,  confere.

Não confere.
Porque não há electrólise.

A ideia destes mecanismos é reduzir a temperatura da combustão e ainda funcionar como antidetonante.
Após a combustão a água continua a ser água... mas em forma de vapor.


Para utilizar o oxigénio como combustível seria necessário dissociar as moléculas.
O método mais simples é a electrólise.
Mas o resultado não serve por duas razões:

- A quantidade de energia necessária para separar as moléculas é superior à energia produzida pela combustão.

- O hidrogénio é a molécula mais pequena que se conhece.
E é tão pequena que a estrutura molecular de qualquer outro material a deixa escapar.
E no caso dos metais, acelera substancialmente a degradação dos mesmos.

Ouve lá ó Félix pá!
Eu já lambi a coisa, mas aqui o menino estava a falar de forma metafórica, ok!
Queria eu dizer que não tinham descoberto a pólvora, porque a solução está precisamente aí (na água).
Só tem é que investir no sentido de tirar a gasolina no meio disto tudo!

I just don't run with the crowd!

www.loneriderendlessroad.com
Responder
#8

(01-09-2016 às 18:15)LoneRider Escreveu:  Queria eu dizer que não tinham descoberto a pólvora,  porque a solução está precisamente aí (na água).

A solução está precisamente onde?
No hidrogénio da água enquanto combustível?

(01-09-2016 às 18:15)LoneRider Escreveu:  Só  tem é  que investir no sentido de tirar a gasolina no meio disto tudo!

Se achas que vale o investimento é porque metafóricamente ainda não lambeste suficientemente a coisa. smile
Responder
#9

Eu por acaso tenho aqui por casa um vaporetto encostado. Amanhã já experimento e digo alguma coisa.
Responder
#10

(01-09-2016 às 21:04)ClaXav Escreveu:  Eu por acaso tenho aqui por casa um vaporetto encostado. Amanhã já experimento e digo alguma coisa.

Vê lá se essa m@rda tem ABS... é que se não... ainda apanhas um susto...

[Imagem: SM4eYt9.png]
Responder




Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)