Motonliners

Versão completa: Trailworthy....
Está de momento a ver uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8
Não te metas nisso... Para fazeres meia dúzia de kms por ano a Atarax chega e sobra.
(03-12-2020 às 07:51)LoneRider Escreveu: [ -> ]Destas gajas, qual era a que vocês levavam para casa e porquê?

MotoGuzzi 85TT

Não sei bem o porquê... mas porque sim. bigsmile
Não sou ninguém para dar "conselhos", mas:

Ou a Guzzas, ou a AJP.

Edit: Porque?

A Guzzas porque a moto deixou mesmo muito boa impressão, acho-a linda, e pah, é aquela coisa das italianas, mexe sempre com um gajo!

A AJP porque parece ser mesmo uma moto muito boa e competente!E portuguesa, bom preço, é mono e acho que é daquelas (pelo pouco que sei) que consegue devorar muitos desses caminhos e trilhos em que a possas meter.
Eu estava aqui com uma esperança de que o amigo Vitorino viesse aqui por as fichas técnicas dos animais nomeados na lista mas...

É pá, Vitorino, vá lá, num sejas tímido! smile
(03-12-2020 às 15:06)dmanteigas Escreveu: [ -> ]Não te metas nisso... Para fazeres meia dúzia de kms por ano a Atarax chega e sobra.

As tantas se for esse o caso... tb "poderá" não deixar de ser verdade!... lol

Por isso eu opinei na MotoGuzzi 85TT sempre dá para milhares e milhares de Kms... cool
(04-12-2020 às 17:32)FerroH Escreveu: [ -> ]
(03-12-2020 às 15:06)dmanteigas Escreveu: [ -> ]Não te metas nisso... Para fazeres meia dúzia de kms por ano a Atarax chega e sobra.

As tantas se for esse o caso... tb "poderá" não deixar de ser verdade!... lol

Por isso eu opinei na MotoGuzzi 85TT sempre dá para milhares e milhares de Kms... cool

Se fosse para andar muito era uma boa opção.
Mas como é para andar pouco, se calhar vou para outra que tenha muitas desculpas para não andar.
Um gajo pode fazer comparações entre as 7 e as motas que tem.
Logo, tenta perceber quais das 7 motas encaixa nas nossas necessidades, tendo em conta as nossas experiências.

O mesmo, de forma mais ou menos inequívoca, acontecerá com as opiniões do pessoal.

A isto juntamos o ingrediente do gosto pessoal e a confusão está instaurada.

O problema de hoje reside aqui. A mota é bonita, tem o beneplácito dos problemas (mais um problema na vida) e tem vantagens de peso. É a mais económica das 7, seria a mais económica da garagem mas também seria abdicar de algumas coisas que curto fazer no monte, uma aproximação "perigosa" ao asfalto e de todas as 7 a que menos motor tem.

Se a isto olho para a minha garagem e vejo a Artax, a Himalayan é uma moto muito parecida no asfalto (lenta e pastelona) à Artax, com a agravante que o desempenho no monte possivelmente seria muito pior se levarmos em conta que pesa 187kg declarados contra os 145 de Artax.

Faço aqui uma promessa pessoal de considerar seriamente a Himalayan se os problemas se decidirem a tirar a carta de mota.

[Imagem: CUxjIoK.jpg]

Não!
Não minha querida, não és para mim! lol
Agora que já só temos 6 motos, uma súbita mudança na estratégia, obriga a incluir uma mota das que tenho no negócio.

[Imagem: 5shwKzZ.jpg]

Seska, a gaja dos pneus gordos, era a única prescindible e assim teria que ser. Inicialmente o objectivo era exporta-la a Portugal, para que eu não tivesse as "mãos atadas", mas o plano alterou-se porque economicamente não era viável e acabava por ser mais rentável disponibilizar o espaço necessário na minha garagem incluindo a Seska no novo negócio. Tudo isto acontecia com o consentimento da gaja que montava a Seska.

Isto altera um pouco os planos da coisa uma vez que, para além de ter que esperar para Janeiro para ter uma mota disponível, deslocar-me 300kms para a ir buscar (ou pagar um transporte para trazer a mota) ficar sem acesso imediato à assistência pós venda o vendedor disse que não queriam retomas.

Assim que, para muita pena minha, uma vez mais, a possibilidade de voltar a ter uma mota nacional na garagem desvanecia.

Teríamos que excluir das opções aquela que, a meu ver tinha o melhor perfil para vir viver comigo!

[Imagem: oYK3oy7.jpg]

Assim que, com muita pena minha, PR7...

Não és para mim!
So tu podes saber o que realmente queres, e nestas coisas, o coração pesa muito numa escolha de uma nova moto... Pelo menos para mim... Posso até afirmar, que muito mais de metade do peso nas minhas escolhas, a componente estética, de design, de arquitectura, é muito relevante.

Eu, gosto muito da guzzi...
Nelson pá!

Eu sei o que quero, mas como tu sabes nem sempre é possível.

Depende muito do que tu queres de uma mota, muitos simplesmente não podem ser tão apaixonados como tu e seguir alguma racionalidade nas suas escolhas porque eles procuram uma moto para um propósito muito concreto e a sua escolha tem que ser a que melhor se encaixa nesse propósito.

Neste caso, no meu caso, ando há procura de um unicórnio, que eu sei que não existe e por isso tenho limites defenidos que pouco a pouco vou revelando e que, de alguma forma, podem vir a dar numa escolha que não será a ideal (porque os unicórnios não existem) , mas a que mais se adecua às minhas necessidades.

Depois, para quem acha uma K1 uma mota bonita, qualquer outra mota me parece um anjo! blink
Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8