Motonliners

Versão completa: A serra já arde
Está de momento a ver uma versão reduzida do nosso conteúdo. Ver versão completa com o formato adequado.
Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8
Como a cada ano, quando o calor aperta, tratam de que este aumente a cada ano que passa.

[Imagem: HSzIbP6.jpg]

Esta foto foi tirada desde o IC8 na zona da Sertã....

A serra esta a arder, o nosso santuário das Curvas, mas também o ganha pão de tantos, como um poço de interesses encontrados arde a cada ano para pena de quem a realmente ama. thumbsdown
Enquanto as penas de prisão forem uma espécie de férias em clausura, esses FDP não perdem o vício.

Se eu mandasse, eles cumpriam pena a reflorestar o que queimaram.
19 vítimas mortais 
16 dos mortos, todos civis, foram vítimas das chamas ao ficarem encurraladas dentro das suas viaturas, apanhadas pelo fogo na estrada que liga Figueiró dos Vinhos a Castanheira de Pêra. Os outros três mortos foram vítimas da inalação do forte fumo do mesmo incêndio que está a desenvolver-se em diversas frentes.
Eu sinceramente prefiro nem dizer o que penso e sinto quando vejo estas noticias... E infelizmente nada vai mudar, isso é o que ainda mais custa...
(18-06-2017 às 00:05)LWillow Escreveu: [ -> ]19 vítimas mortais 
16 dos mortos, todos civis, foram vítimas das chamas ao ficarem encurraladas dentro das suas viaturas, apanhadas pelo fogo na estrada que liga Figueiró dos Vinhos a Castanheira de Pêra. Os outros três mortos foram vítimas da inalação do forte fumo do mesmo incêndio que está a desenvolver-se em diversas frentes.

Que miséria de vida.... sad
(18-06-2017 às 00:05)LWillow Escreveu: [ -> ]16 dos mortos, todos civis, foram vítimas das chamas ao ficarem encurraladas dentro das suas viaturas, apanhadas pelo fogo na estrada que liga Figueiró dos Vinhos a Castanheira de Pêra.

Porra, que maneira macabra de morrer..  
E pensar que estou neste momento a caminho da zona centro, que gosto tanto.
Já quase que vi a minha aldeia arder, pela segunda vez desde que ela existe. Vi da minha varanda o fogo a aparecer de longe e a consumir grande parte da Serra do Açor, impotente sem poder fazer nada, uma vista linda a ficar cinzenta.

O pior mesmo é saber que todos os anos se repete e  que eu não posso fazer nada de significante contra isso.. Revolta-me.
(18-06-2017 às 02:01)Diogo.fps Escreveu: [ -> ]O pior mesmo é saber que todos os anos se repete e  que eu não posso fazer nada de significante contra isso.. Revolta-me.

Toda a gente sabe que no Verão todos os anos  acontecem incêndios em Portugal ! 

Há umas semanas atrás, na Ericeira ,  em conversa com um norueguês amigo da minha filha , ele disse-me uma coisa que tive de 'engolir em seco ' e dar-lhe razão . Eu brincava com uma das 'imagens de marca' do português que é ser desenrascado , e ele respondeu-me mais ou menos isto :
 'Pois, vocês acham piada a essa característica que outros povos não têm mas .... isso só prova a vossa falta de organização e gestão . Nós não precisamos de ser desenrascados porque antecipamos os problemas e não damos margem de manobra para 'desenrascanços' ' 

Esta tragédia vem precisamente confirmar este comentário do 'nórdico' . Esta incapacidade de lidar com um incêndio é um dos melhores exemplos  da má gestão/governação de um país QUE SABE que os incêndios são uma 'realidade anual' para o seu povo e território .


p.s : a solução passa por diferentes acções/decisões , se em vez de de pinheiros e eucaliptos tivéssemos floresta autóctone (choupos, carvalhos, ...) tudo seria diferente , se aliado a isto houvesse mais empregos ao nível de guardas-florestais, mais infraestruturas fixas (torres de controle , ... )  e um sistema de Protecção Civil organizado e com meios ... bem podiam haver trovoadas secas  e pirómanos que os incêndios seriam logo 'mortos à nascença ' .tudo seria diferente 
Se na Noruega é assim ou não, não sei, mas a resposta foi bem a dada. Nunca mais tinha pensado nisso dessa forma.Lá fama têm eles..

Visto no reddit (r/portugal)
[Imagem: WxbuAJR.png]
(18-06-2017 às 15:00)LWillow Escreveu: [ -> ]Há umas semanas atrás, na Ericeira ,  em conversa com um norueguês amigo da minha filha , ele disse-me uma coisa que tive de 'engolir em seco ' e dar-lhe razão . Eu brincava com uma das 'imagens de marca' do português que é ser desenrascado , e ele respondeu-me mais ou menos isto :
 'Pois, vocês acham piada a essa característica que outros povos não têm mas .... isso só prova a vossa falta de organização e gestão . Nós não precisamos de ser desenrascados porque antecipamos os problemas e não damos margem de manobra para 'desenrascanços' ' 

Mandavas era o Norueguês catar piolhos aos bacalhaus porque o "desenrasque" português tem origens profundas no isolamento histórico do país, durante muitos séculos rodeado por mar e Castela, e na pobreza inata do país que, sem recursos adequados, lá teve de inventar o "quem não tem cão...".  blink

A falta de organização vem depois e foi a principal "conquista de Abril". Quando o pequeno e mal preparado Estado "amador" que existia foi tomado de assalto pelos "wanna-be jacobinos" e implementada a meta (ainda hoje vigente) do "venha a nós... o resto que se fod@"

(18-06-2017 às 15:00)LWillow Escreveu: [ -> ]Esta tragédia vem precisamente confirmar este comentário do 'nórdico' . Esta incapacidade de lidar com um incêndio é um dos melhores exemplos  da má gestão/governação de um país QUE SABE que os incêndios são uma 'realidade anual' para o seu povo e território .

Esta tragédia teve origem num fenomeno meteorológico raro. Ou um "Act of God" como lhe chamam os "camones". Porque em muitas décadas de fogos nunca houve tamanha fatalidade simultânea. Embora já tenha havido mortes ao longo dos anos, causados por ou em consequência directa do fogo, nunca mas nunca desta dimensão e com este alcance.

(18-06-2017 às 15:00)LWillow Escreveu: [ -> ]p.s : a solução passa por diferentes acções/decisões , se em vez de de pinheiros e eucaliptos tivéssemos floresta autóctone (choupos, carvalhos, ...) tudo seria diferente , se aliado a isto houvesse mais empregos ao nível de guardas-florestais, mais infraestruturas fixas (torres de controle , ... )  e um sistema de Protecção Civil organizado e com meios ... bem podiam haver trovoadas secas  e pirómanos que os incêndios seriam logo 'mortos à nascença ' .tudo seria diferente 


Isso também é conversa de café!... Porque a não o ser não existiriam incêndios com dimensões significativas noutras latitudes semelhantes à portuguesa. E no entanto...
Concordo com grande parte da tua 'contra-argumentação' , mas acho que não invalida totalmente a minha tal 'conversa de café' nem a medíocre 'gestão governamental'  perante  esta (já esperada) realidade portuguesa .
Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8